Esportes

Fluminense quer aproveitar crise do Internacional para subir no Brasileirão

Em condições normais, um empate contra o Internacional, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, é um bom resultado. Porém, com o time colorado sem vencer há 10 partidas, o objetivo do Fluminense é vencer neste domingo, às 16h15, e se aproximar do grupo dos quatro melhores do Campeonato Brasileiro, na partida pela 19.ª rodada, a última do primeiro turno.

Com 24 pontos, o clube tricolor está no meio da tabela de classificação oito atrás do Grêmio, que iniciou a rodada em quarto lugar, e seis acima do Santa Cruz, que abre a zona de rebaixamento. Com queda vertiginosa, os gaúchos, que já estiveram na liderança, estão com 21 pontos e sofrem fortes críticas pelo trabalho do técnico Paulo Roberto Falcão.

Recuperado de lesão e titular nos últimos jogos, o meia Gustavo Scarpa evitou comentar a situação do adversário, mas admitiu que o time precisa ter ambição. “Não nos preocupamos com a situação do Inter porque isso pode servir de motivação para eles. Mas temos que impor o nosso ritmo de jogo. Independente de jogar fora de casa, temos de pensar na vitória e jogar de uma maneira inteligente para ganhar os três pontos”, definiu.

Acabar com a irregularidade é a meta do Fluminense para a sequência da competição. Sem vencer duas partidas consecutivas, o time chegou a flertar com a zona do rebaixamento e viu o técnico Levir Culpi cogitar pedir demissão, algo que o treinador só desistiu depois de uma longa conversa com a diretoria.

Um dos motivos para refutar a ideia foi a contratação de jogadores. Um deles é Wellington, que chegou em julho e faz a sua primeira partida como titular neste domingo. Desde a saída de Fred para o Atlético Mineiro, o treinador tem feito vários testes no comando de frente da equipe, com seguidas trocas. Além de Wellington, Henrique Dourado, também recém-contratado, começa a partida. Regularizado na última quinta-feira, Aquino fica no banco de reservas.