Esportes

Fluminense perde para o Athletico-PR pelo Brasileiro Sub-20

Tricolor esbarra em dificuldades de criação e vê o Furacão garantir uma vitória por 2 a 0 neste domingo, com gols de Mingotti e Paulo Victor, no CAT do Caju 

Fluminense perde para o Athletico-PR pelo Brasileiro Sub-20

O Fluminense não resistiu à série de desfalques e amargou sua primeira derrota no Sub-20 na temporada. Com gols de Mingotti e Paulo Victor, o Athletico-PR assegurou sua vitória por 2 a 0 na tarde deste domingo no CAT do Caju, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da categoria. Com o resultado, o Tricolor das Laranjeiras, que esbarrou em dificuldades para furar o bloqueio rival, segue com três pontos, enquanto o Furacão saltou para três pontos em duas partidas.

Com quatro desfalques devido ao surto de Covid-19 que acometeu o seu elenco, o Tricolor se desdobrou para ir à frente. Em uma boa investida, Cipriano encontrou Miguel, mas o goleiro atleticano saiu nos pés do jovem.

Aos poucos, o Furacão foi se lançando, depositando as fichas em Raimar e Mingotti. Raimar encheu o pé e Pedro Rangel saltou para defender. Mingotti e Julimar ainda fizeram os tricolores passaram por apuros.

Aos 26 minutos, uma dividida gerou uma confusão entre jogadores dos dois clubes. Por fim, Reinaldo, do Furacão, e Gabriel Martins, do Fluminense, receberam cartão amarelo. Ao tomar as rédeas, o Athletico-PR foi encontrando as brechas e abriu o placar.

Mingotti aproveitou hesitação na zaga tricolor e soltou a bomba no canto de Pedro Rangel aos 47 minutos: 1 a 0.

A entrada de Cauã no lugar de Gabriel Martins foi promissora para o Fluminense. O jovem se desvencilhou da marcação, chutou prensado e fez Linck se esticar para evitar o empate. A bola caprichosamente parou na trave. Entretanto, aos poucos o Athletico-PR passou a fechar os espaços e administrou o resultado.

Mais seguro diante de um Fluminense que penava para criar, o Athletico-PR ampliou aos 36. Após um cochilo no meio de campo, Paulo Victor foi lançado e, com liberdade, rompeu até a área para tocar na saída de Pedro Rangel, fazendo 2 a 0. O Furacão ainda teve nova chance com Paulo Victor, mas o triunfo já estava definido.

Os tricolores voltarão a campo nesta quarta-feira, às 15h, nas Laranjeiras, para enfrentarem o Santos. No mesmo dia e horário, os Furacão recebe o Grêmio.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Pudim japonês não tem leite condensado; aprenda a fazer

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ O processo de formação como obra

+ Arte e algoritmo: Uma genealogia

+ Radicalmente vivo