Esportes

Flu tenta superar desvantagem contra o Figueirense para avançar na Copa do Brasil

Cinco meses depois, Fluminense e Figueirense voltam a se enfrentar pela Copa do Brasil. Com mudanças em suas equipes após a paralisação causada pela pandemia, os dois times se enfrentam às 21h30 desta terça-feira, no Maracanã, pela terceira fase. A equipe catarinense está em vantagem por ter vencido o jogo de ida por 1 a 0 em março.

O Figueirense, portanto, joga pelo empate no Rio de Janeiro para alcançar a quarta fase da competição nacional, algo que não consegue desde 2015. Se o Flu devolver o placar, o confronto será decidido nos pênaltis. Uma vitória por dois gols ou mais de diferença leva o time carioca para a quarta fase.

A partida de ida, no entanto, não serve mais de referência para os dois times. Em 11 de março, em Florianópolis, até a torcida podia estar presente no estádio Orlando Scarpelli. Depois disso, as equipes passaram por mudanças em seus elencos e ganharam mais ritmo, em competições mais exigentes, caso das Séries A e B do Campeonato Brasileiro.

No caso do Flu, vice-campeão carioca, Fred voltou ao time no meio da pandemia. Ainda não é certa sua presença na partida desta terça porque ele volta de lesão. Mas deve ser opção no banco de reservas, assim como o volante Hudson, outro em processo de retorno.

Se não tiver a experiência de Fred, o Flu poderá contar com a habilidade de Evanilson, que despontou no Campeonato Carioca como a grande revelação da equipe no ano. Ele até foi poupado no fim de semana para estar em boas condições nesta terça. Além dele, o técnico Odair Hellmann preservou Nenê e Nino. Mesmo sem o trio, o Flu obteve sua primeira vitória fora de casa neste Brasileirão, ao superar o Athletico-PR por 1 a 0, no sábado.

“É o jogo do ano, o mais importante. É uma eliminatória, fomos desclassificados na Sul-Americana e temos que fazer nosso melhor, impor o ritmo em casa fazer nosso jogo para passar para a próxima fase”, diz o zagueiro Luccas Claro. “Sabemos da dificuldade, o Figueirense tem uma equipe qualificada, tanto que venceu o primeiro jogo.”

Do lado da equipe catarinense, chegaram os volantes Matheus Neris e Geovane, este titular. Dentro de campo, o time foi irregular na tumultuada reta final do Campeonato Catarinense. Caiu de forma precoce no Estadual, nas quartas de final, e teve um início ruim na Série B. Mas a primeira vitória na competição, sobre o Botafogo-SP, no sábado, deu novo ânimo ao grupo.

“A vitória contra o Botafogo nos trouxe um respiro e confiança para os próximos jogos. Conhecemos muito bem a equipe do Fluminense, é uma equipe muito qualificada, mas estamos trabalhando para alcançarmos a classificação”, afirma o técnico Márcio Coelho.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Pudim japonês não tem leite condensado; aprenda a fazer

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ Mulher sobe de salto alto montanha de 4 mil metros

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar