Geral

Flordelis admite que sabia de plano para matar pastor Anderson

Crédito: Reprodução

A deputada federal Flordelis dos Santos admitiu que sabia da existência de um plano dentro de sua casa para matar seu marido, o pastor Anderson do Carmo. As declarações foram dadas durante seu interrogatório na audiência desta sexta-feira (18). As informações são do jornal Extra.

De acordo com Flordelis, um dos seus filhos adotivos, Lucas dos Santos, mostrou a ela uma mensagem de texto que havia recebido por meio do celular da pastora. Na mensagem, havia um pedido para que ele matasse Anderson. A parlamentar alegou que a mensagem foi enviada por Marzy, uma de suas filhas afetivas, e afirmou que todos na casa tinham acesso ao celular dela.

Flordelis alega também que informou o marido sobre o que havia ocorrido. No entanto, não soube dizer em que data isso ocorreu. “A primeira pessoa que mostrou essa mensagem ao meu marido foi eu. Pedi para ir a uma delegacia. Ele sentou comigo e falou que ele resolveria, pois não queria exposição com o nome dele”, disse a deputada na audiência.

Ainda conforme o depoimento de Flordelis, Anderson teria conversado com Marzy e eles esclareceram o ocorrido. A filha afetiva teria admitido ter ficado com raiva porque vinha sendo castigada por Anderson após acusações de que ela teria roubado parte do dinheiro da casa.

Lucas e Marzy estão presos

No ano passado, em depoimento na Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, Marzy admitiu ter enviado a mensagem a Lucas, mas afirmou que a mãe tinha conhecimento de seu plano. Tanto Marzy como Lucas estão presos acusados de envolvimento na morte do pastor.


+ Homem que vivia ‘casado’ com a própria filha é preso após polícia investigar agressão contra criança
+ Família de Schumacher coloca mansão à venda por R$ 400 milhões
+ Pão de Queijo: faça uma das receitas mais gostosas do Brasil



Já a deputada negou qualquer envolvimento com a morte ou o plano para matar o marido. “Matar meu marido seria destruir minha própria vida. Depois de Deus e de minha mãe, ele era a pessoa mais importante da minha vida. Matá-lo foi quebrar minhas pernas, meus braços. Quem fez isso, quero que seja encontrado. Faço um apelo ao Ministério Público. Que encontre os culpados. Não mataram só meu marido. Parte de mim também morreu”, disse.

Após problemas no microfone, o depoimento foi interrompido. A juíza determinou pausa de uma hora para o almoço e para tentar resolver o problema. Por determinação da juíza, Flordelis não pode deixar o fórum e vai almoçar no local.

Veja também

+ Receita de bolinho de costela com cachaça
+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS