Edição nº2556 14/12 Ver edições anteriores

Flávio Rocha desiste e deve fortalecer o centro

O empresário Flávio Rocha acaba de renunciar à sua pretensão de ser candidato a presidente da República. Dono da Riachuelo, uma das maiores empresas do setor de moda do País, ele agora abre espaço para que o PRB, seu partido, apoie outro candidato de centro com maiores chances de vencer a disputa. Suas ideias liberais na economia se aproximam mais de candidatos como Geraldo Alckmin (PSDB) ou Álvaro Dias (Podemos), mas no passado ele chegou a flertar inclusive com o deputado Jair Bolsonaro (PSL). Afastou-se do ex-capitão do Exército quando percebeu que ele não era liberal e que defendia um estado forte, nacionalista.

Flávio Rocha é um empresário que deseja que o Estado funcione como sua empresa, onde os gastos não podem superar as receitas. Em sabatina na redação da ISTOÉ, em junho, o empresário defendeu que o governo deve se comportar como uma empresa, onde o cliente sempre tem razão. Ou seja, o cidadão brasileiro que demanda pelos serviços públicos, deve ser atendido com toda atenção pelo poder público, que lhe dê saúde, educação e segurança, enquanto que investimentos em grandes obras, como estradas, rodovias, ferrovias, portos e aeroportos devem ser feitos pela iniciativa privada.

Ao abandonar sua candidatura, Flávio Rocha certamente dedicará seu tempo a rodar o país em campanha para ajudar o candidato que escolher para divulgar suas ideias liberais e conceitos de que só a livre iniciativa poderá salvar investimentos em obras essenciais. Na sabatina na ISTOÉ em junho, Rocha resumiu seu pensamento: “O desinfetante natural contra a corrupção é a ação do livre mercado”.No Estado de São Paulo, ele certamente estará ativo na campanha de João Doria para governador, seu amigo íntimo.

Agradecimento

Pessoal eu venho até vocês para anunciar a retirada da minha pré-candidatura à Presidência da República. Não com tristeza, mas com a alegria pela sensação de ter cumprido meu dever como cidadão e apaixonado pelo Brasil. Gostaria de agradecer à minha família, amigos, aos 40 mil colaboradores de minha empresa, ao PRB, um grande partido que me acolheu, e principalmente a todos vocês que me abraçaram nessa jornada, todo apoio recebido. Muito obrigado! Não mais como pré-candidato mas como brasileiro apaixonado pelo nosso país, afirmo: O país não pode errar.Um grande abraço!

Posted by Flavio Rocha on Friday, July 13, 2018

 


Mais posts

Ver mais
X

Copyright © 2018 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.