Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

O Flamengo venceu por 1 a 0 nesta quarta-feira em sua visita ao Deportes Tolima da Colômbia pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores-2022, e com esse resultado ficou mais próximo da próxima fase do torneio.

A poucos dias do encerramento de sua passagem pelo clube carioca por empréstimo, o meia Andreas Pereira (17 minutos) marcou o único gol do jogo com um belo chute de meia distância que silenciou o estádio Manuel Murillo Toro, em Ibagué.

Vilão na derrota do time carioca na última final da Libertadores, contra o Palmeiras, Andreas Pereira também brilhou na defesa e fechou sua passagem no Flamengo em grande estilo.

O Tolima criou oportunidades, principalmente por meio do atacante Andrés Ibargüen, mas se perdeu em preciosismo e falhas nas finalizações.

A partida de volta está marcada para o dia 6 de julho, no Maracanã, no Rio de Janeiro e quem vencer o confronto terá pela frente nas quartas de final o vencedor do duelo entre Boca Juniors e Corinthians, que empataram em 0 a 0 na partida de ida, em São Paulo.

O Flamengo leva uma vantagem importante para jogar diante de sua torcida na próxima semana, mas todo cuidado é pouco.

Embora a virada fora de casa pareça uma missão difícil, o Tolima já venceu duas vezes no Brasil nesta edição da Libertadores (Atlético-MG e América-MG).

Ficha técnica:

Estádio: Manuel Murillo Toro (Ibagué)

Árbitro: Jesús Valenzuela (VEN)

Gols:

Flamengo: Pereira (17)

Cartões amarelos:

Deportes Tolima: Riascos (53), Raziel García (58)

Flamengo: Pereira (20), Ribas (49), Barbosa Almeida (52), David Luiz (90+1)

Escalações:

Deportes Tolima: Alexander Domínguez – Leider Riascos, Julián Quiñónes, Jose Moya, Junior Hernandez – Luis Miranda (Alvaro Melendez 77), Brayan Rovira, Raziel García (Daniel Cataño 59), Rodrigo Ureña (Gustavo Ramirez 77), Jeison Steven Lucumi Mina – Juan Caicedo (Michael Rangel 70). Técnico: Hernán Torres.

Flamengo: Santos – Rodinei (Matheus França 83), David Luiz, Léo Pereira, Filipe Luis (Lázaro 68) – Andreas Pereira, Thiago Maia, Diego Ribas (cap) (Ayrton 57) – Everton Ribeiro (Marinho 68), Gabigol (Pedro 83), Arrascaeta. Técnico: Dorival Júnior.

jss/cl/aam