Esportes

Flamengo joga para se manter imbatível contra o Vasco na era ‘outro patamar’ e visa recorde

Rubro-Negro não perde para o arquirrival há 17 jogos - desde abril de 2016. Nesta quinta, equipes se encontram pela Taça Guanabara, e Cruz-Maltino será eliminado se perder

Flamengo joga para se manter imbatível contra o Vasco na era ‘outro patamar’ e visa recorde

que foi pelo Brasileiro-20


A expressão “em outro patamar” carimbou o Flamengo imponente e marcado por títulos a partir de 2019, mas a era de times superiores aos seus arquirrivais iniciou anos antes. Um símbolo é a significativa marca invicta do clube em confrontos diante do Vasco, para quem não perde há 17 jogos. E, nesta quinta-feira, a partir das 19h, o Rubro-Negro joga contra o Vasco para se manter imbatível – e de quebra eliminar o Cruz-Maltino do Carioca.

A ser transmitido em Tempo Real pelo LANCE!, o Clássico dos Milhões da vez será jogado no Maracanã e válido pela 9ª rodada da Taça Guanabara. O Fla chega para o confronto embalado por seis vitórias nos últimos sete encontros.

A última derrota foi em abril de 2016, na semifinal do Campeonato Carioca. De lá para cá, foram 17 jogos, com oito vitórias do Fla e nove empates. E dá para dizer que o jogo marcado pelo maior equilíbrio, neste ínterim, foi o 4 a 4 de 2019, pelo Brasileirão, quando o Rubro-Negro chegou a sofrer uma virada e, depois de passar à frente do placar novamente, sofreu empate no fim.

Ao fim daquele jogo de oito gols, Bruno Henrique foi enfático ao destacar os patamares distintos e deu margem para acirrar a rivalidade e viralizar. “Rei dos Clássicos” e tendo o Vasco como vítima favorita, o camisa 27 pode, aliás, contribuir para que o Fla atinja um recorde.

Bruno Henrique - Flamengo


+ Mãe conta à polícia que ateou fogo e matou bebê por ‘vergonha’ de ter a gravidez descoberta
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Youtuber é perseguido por jacaré de três metros: veja vídeo



Bruno Henrique: L de letal clássicos (Foto: Marcelo Cortes / Flamengo)

DE OLHO NO RECORDE HISTÓRICO

O Flamengo já tem na sequência atual, com 17 jogos sem ser derrotado, a maior de sua história no confronto contra o Vasco. No entanto, a principal série invicta no Clássico dos Milhões pertence ao Cruz-Maltino, que somou 20 partidas sem sofrer um revés sequer, entre 1945 e 1951.

Evidentemente, Rogério Ceni tem os números do clássico em segundo, mas o Fla estará amparado ao ótimo retrospecto, que, sem dúvida, influencia no quesito psicológico dos jogadores. E o técnico mandará a campo força máxima no time titular, sobretudo visando a estreia na Libertadores, na terça-feira.

A SEQUÊNCIA INVICTA DO FLAMENGO

4/2/2021 – Flamengo 2×0 Vasco Brasileiro)
10/10/2020 – Vasco 1×2 Flamengo (Brasileiro)
23/1/2020 – Flamengo 1×0 Vasco (Carioca)
14/11/2019 – Flamengo 4×4 Vasco (Brasileiro)
17/8/2019 – Flamengo 4×1 Vasco (Brasileiro)
21/4/2019 – Flamengo 2×0 Vasco (Carioca)
14/4/2019 – Flamengo 2×0 Vasco (Carioca)
31/3/2019 – Flamengo 1×1 Vasco (Carioca) – 3×1 nos pênaltis
9/3/2019 – Flamengo 1×1 Vasco (Carioca)
15/9/2018 – Flamengo 1×1 Vasco (Brasileiro)
19/5/2018 – Flamengo 1×1 Vasco (Brasileiro)
21/7/2018 – Flamengo 0x0 Vasco (Carioca)
28/10/2017 – Flamengo 0x0 Vasco (Brasileiro)
8/7/2017 – Flamengo 1×0 Vasco (Brasileiro)
8/4/2017 – Flamengo 0x0 Vasco (Carioca)
26/3/2017 – Flamengo 2×2 Vasco (Carioca)
25/2/2017 – Flamengo 1×0 Vasco (Carioca)

Veja também

+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tenha também a Istoé no Google Notícias
+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS