Esportes

Flamengo e Athletico-PR decidem em Brasília a renascida Supercopa do Brasil

Flamengo e Athletico-PR vão disputar neste domingo, às 11h, em Brasília, a primeira taça do futebol nacional em 2020. Os rubro-negros decidirão o título da Supercopa do Brasil, torneio que a CBF ressuscitou neste ano e que colocará frente a frente o campeão brasileiro (Flamengo) e o da Copa do Brasil (Athletico).

A Supercopa foi realizada em 1990 e 1991, com vitórias de Grêmio e Corinthians, respectivamente. Naquela época, porém, ninguém levava essa competição a sério, tanto que a edição de 1991, que teve o triunfo corintiano sobre o Flamengo, foi assistida por menos de três mil pessoas no Morumbi. Agora, entretanto, a história é bem diferente.

As duas equipes decidiram tratar a Supercopa como um torneio de primeira linha, tanto que Jorge Jesus, técnico do Flamengo, usou alguns jogos do Campeonato Carioca para preparar seu time para enfrentar o Athletico. Além disso, o Mané Garrincha deverá ficar lotado neste domingo, muito por causa do entusiasmo da torcida flamenguista com a grande fase do clube dentro dos gramados.

Jorge Jesus e Dorival Júnior, treinador contratado para substituir Tiago Nunes no Athletico, vivem situações opostas. Enquanto o português viu o elenco campeão brasileiro e da Copa Libertadores ser reforçado por vários jogadores de grande qualidade, seu adversário está treinando uma equipe que perdeu integrantes fundamentais e ainda não conseguiu contratar bons substitutos.

Os zagueiros Gustavo Henrique e Léo Pereira, o volante Thiago Maia e os atacantes Pedro, Michael e Pedro Rocha foram incorporados ao elenco carioca, que perdeu apenas o zagueiro espanhol Pablo Marí, agora no Arsenal, da Inglaterra. Só um dos reforços, porém, será titular neste domingo: Gustavo Henrique, o substituto de Marí. Os demais, com exceção do machucado Léo Pereira, ficarão no banco porque Jorge Jesus não quer mexer muito no time que se consagrou no ano passado.


+ Advogada é morta e tem corpo carbonizado no Rio de Janeiro
+ Morre Liliane Amorim, influencer de Juazeiro do Norte, após complicações da realização de lipoaspiração

No Athletico, a situação é bem menos animadora. Léo Pereira foi vendido para o Flamengo, Bruno Guimarães, para o Lyon, da França, e Marco Ruben voltou para a Argentina (Rosario Central). Ao menos por enquanto, Dorival Júnior não conta com nomes de peso para substituí-los e vai apostar em três jogadores jovens: o zagueiro Robson Bambu, o meia Erick e o atacante Guilherme Bissoli.

Pelo menos o treinador pode contar com Rony. O atacante foi disputado recentemente por Palmeiras e Corinthians, mas, embora ainda não tenha assinado a renovação de seu contrato, continua no clube paranaense. A partida deste domingo será apenas a segunda do time titular do Athletico-PR neste ano – na primeira, houve um empate por 1 a 1 com o Paraná Clube, pelo Campeonato Paranaense.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ 7 tendências de design de interiores que vão bombar em 2021
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel