O Dia

Flamengo conquista Estadual de Remo e quebra hegemonia do Botafogo

Última etapa da competição foi realizada nesta manhã ensolarada com a lagoa em condições perfeitas para o esporte

Rio – Ao vencer nove das 14 provas disputadas na quinta e última etapa do Campeonato Estadual de Remo, o Flamengo mostrou superioridade e conquistou o título de 2019 invicto, quebrando assim a hegemonia de seis anos consecutivos de vitórias do Botafogo. A competição foi realizada na manhã deste domingo, no Estádio de Remo da Lagoa, com a presença de grande público, do presidente do Flamengo, Rodolfo Landin, o ex-presidente Márcio Braga, e o presidente da SUDERJ, Thiago Ribeiro de Paula. O encerramento da competição marcou a homenagem da Federação de Remo do Rio ao Comandante Paiva, pelo apoio que ele vem dando ao esporte há mitos anos.
Na classificação geral o Flamengo soou 784 pontos, 206 pontos a mais que o Botafogo, segundo colocado, e 462 pontos a mais que o Vasco da Gama, terceiro colocado. Em quarto lugar ficou a Escola Naval, com 27 pontos, em quinto lugar o Clube de Remo Rio de Janeiro, com 22 pontos e em sexto lugar o Guanabara, com 7 pontos. 
Para o Gerente de Esportes Náuticos do Flamengo, Marcello Varriale, a conquista do título se deve ao investimento do clube na equipe de remo, do trabalho desenvolvido diariamente e da dedicação e comprometimento da comissão técnica e de todos os atletas e declara:
“Nosso desempenho é resultado de um trabalho feito diariamente e de muita dedicação de todos. Essa conquista não aconteceu por acaso. Conquistamos o título com a maior diferença de pontos de todos os tempos, mais de 200 pontos do que o segundo colocado. Nos últimos anos, o Flamengo se estruturou e investiu no esporte, contratou uma grande equipe de remadores para ter um resultado sólido como esse. Ganhamos todas as cinco etapas e isso para mim é o que resume todo o nosso trabalho”.
Para o presidente da FRERJ, Paulo Carvalho, o ano de 2019 está sendo muito bom para o remo carioca, com o investimento todo feito pelo Flamengo, que resultou nessa conquista invicta da equipe rubro-negra e completa:
“O encerramento do estadual foi uma festa muito bonita de se ver. O Flamengo se reestruturou, investiu muito na sua equipe de remo e foi confirmado seu favoritismo e quebrando a hegemonia do Botafogo, que vinha ganhando todas as competições nos últimos anos. Essa alternância de vitórias é muito saudável para o esporte. A sensação de dever cumprido é muito boa. Estão todos de parabéns: a diretoria técnica da FRERJ, a arbitragem e todos os envolvidos na organização do campeonato.
Com a realização da última etapa a classificação final do Campeonato Estadual de Remo ficou assim:
1º) Flamengo, 784 pontos,
2º) Botafogo, com 578 pontos,
3º) Vasco da Gama, com 322 pontos,
4º) Escola Naval, com 27 pontos,
5º) Clube de Remo Rio de Janeiro, com 22 pontos, 
6º) Guanabara, com 7 pontos.
O Campeonato Estadual foi encerrado, mas a temporada carioca de remo não chegou ao fim. No próximo dia 16, acontece mais uma edição da Copa Rio de Remo Master, com a expectativa de reunir cerca de 400 atletas de todo o Brasil. “Ainda temos muito trabalho pela frente antes de finalizar o ano no remo e no que vem eu realizo meu último ano à frente da presidência da entidade e já está batendo uma nostalgia”, acrescentou o presidente de FRERJ.