Esportes

Flamengo arrecadou com transmissão menos de 10% do que Bolsonaro disse em live

Crédito: Reprodução

Live do presidente Jair Bolsonaro (Crédito: Reprodução)

Na tradicional live semanal realizada, na última quinta-feira (3), Jair Bolsonaro falou sobre a transmissão exclusiva do Flamengo da vitória do clube carioca sobre o Boa Vista por 2 a 0, no Maracanã.

O feito do jogo ser transmitido apenas pela internet, sem TVm foi festejado pelo presidente. Além disso, Bolsonaro aproveitou e mencionou que com a Globo, o rubro-negro arrecadava “R$ 500 mil, R$ 600 mil por cada jogo”, com a emissora.

Já na transmissão da última quarta-feira (1º), Bolsonaro disse que o Flamengo faturou “mais de R$ 10 milhões transmitindo na internet”, o que não reflete a realidade.

Conforme apuração do UOL, que entrou em contato com o clube carioca, o Flamengo arrecadou aproximadamente R$ 900 mil na partida, quantia bem menor do que a mencionada pelo presidente. O faturamento foi baseado nos chamados “ingressos virtuais”, parceria com marca de cerveja, pequenas marcas exibidas durante o jogo e uma quantia pequena das plataformas YouTube e Facebook.

“Tinha uma televisão aí, que tinha o monopólio e pagava acho que R$ 500 mil, R$ 600 mil por cada jogo. Então, o Flamengo ontem faturou, juntamente com o Boavista, mais de R$ 10 milhões transmitindo na internet. Então, parabéns ao Flamengo, parabéns ao presidente Jair Bolsonaro que assinou a medida provisória, dando aqui a carta de alforria, a liberdade para que os times de futebol, o mandante, negocie conforme ele quer vender o seu direito de transmissão”, se parabenizou Bolsonaro.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

Para se ter uma ideia, o Flamengo recebeu da Globo em 2019 cerca de R$ 244 milhões. A quantia não permite ser diluída em um cálculo médio nas 76 partidas do clube durante a temporada, pois rubro-negro disputou cinco campeonatos: Carioca, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro, Libertadores e Mundial de Clubes.

A transmissão inédita foi comemorada pelo clube carioca.

“Foi um dia muito especial. Vai ficar marcado na história. Temos agora mais de 4,2 milhões [já são 4,5 milhões – dados desta sexta] de inscritos na FlaTV, tivemos mais de 14 milhões de visualizações totais na transmissão.”, celebrou o presidente rubro-negro, Rodolfo Landim. O Rubro-negro ainda estabeleceu o recorde de audiência em uma transmissão esportiva no YouTube – pico de 2,2 milhões de visualizações simultâneas durante o jogo.

MP dos Direitos de Transmissão

Assim ficou popularmente chamada a MP 984/2020. A medida provisória de Jair Bolsonaro foi assinada no último dia 18 de junho. O objetivo é mudar a negociação dos direitos de transmissão das partidas do futebol brasileiro.

Antes da medida, tanto o mandante como o visitante tinham poder de negociação da transmissão. Agora, o clube da casa negocia sozinho os direitos de exibição da partida.

“Imagem excepcional. Só no YouTube, 11 milhões de visualizações. Com todo respeito ao Boavista, imagina um Flamengo x Palmeiras, Flamengo x Corinthians. O time melhor vai vender mais caro. Não vai haver acomodação. Isso é negócio, concorrência, livre mercado. Isso é maravilhoso”, disse Bolsonaro em live ao lado de membros do governo com a camisa do Flamengo.

“O futebol do Brasil pode estar tendo uma alavancagem. A gente vai fazer com que o jogador fique aqui, ganhe muito mais, seja muito melhor. Os clubes de futebol, em geral, são pobres. A grande maioria é. Imagina os jogadores dividindo esses 5% de direitos que poderão receber a cada negociação por jogo. É um bom ‘bicho’ [premiação], não é?”, completou.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?