O Dia

Fiscalização remove 63 vans e kombis no Rio

Foram aplicadas 403 multas com o objetivo de oferecer mais segurança na mobilidade dos usuários do transporte complementar, fiscalizar os serviços prestados e reprimir o transporte ilegal realizado por vans piratas

Rio – Fiscais da Coordenadoria Especial de Transporte Complementar (CETC), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), removeram 63 vans e kombis – das quais 27 piratas – e lacraram outras nove entre segunda e quinta-feira. Ao todo, foram aplicadas 403 multas. As ações aconteceram em Copacabana, Itanhangá, Andaraí, Bonsucesso, Barra da Tijuca, Guadalupe, Centro, São Conrado, Ilha do Governador, Inhaúma, Santa Cruz, Bangu, Realengo, Taquara e Guaratiba.
Com o objetivo de oferecer mais segurança na mobilidade dos usuários do transporte complementar, fiscalizar os serviços prestados e reprimir o transporte ilegal realizado por vans piratas, fiscais flagraram veículos com lotação excedente, estacionados em local proibido, em mau estado de conservação, com selo vencido, licença fora da validade,motorista manuseando celular ao volante ou sem autorização para executar o serviço, além de estarem transitando pela calçada e demora na viagem para angariar passageiros.
Todos os utilitários rebocados são encaminhados aos depósitos do Recreio e São Cristóvão. A CETC destaca a importância da população no registro de denúncias, que são anônimas, e podem ser realizadas por meio da central 1746 em posse da placa, data, horário e local com o objetivo de auxiliar no planejamento das ações.