Geral

Fiocruz alerta para tendência de alta em casos de síndrome respiratória aguda


O mais recente Boletim InfoGripe Fiocruz sugere possível reversão na tendência de queda no número de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no Brasil. De acordo com os números divulgados na quarta-feira, 4, apesar de os indicadores apontarem para tendência de queda no longo prazo, nas últimas três semanas os dados indicam “sinal moderado de crescimento”. Segundo o boletim, em praticamente todo o Brasil o total de óbitos por SRAG está caindo, mas Acre, Mato Grosso do Sul e Pará apresentam sinal de crescimento para as próximas seis semanas.

Os pesquisadores apontam que, embora São Paulo “também apresente sinal moderado de crescimento na tendência de curto prazo”, o Estado vem registrando queda nas últimas seis semanas. Em 11 Estados, os números apontam para estabilidade: Amazonas, Amapá, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro e Rondônia.

Quando são consideradas apenas as capitais, chama atenção os casos de Porto Alegre (RS) e Rio Branco (AC), cujos indicadores apresentam sinal de forte de crescimento da tendência de longo prazo, e sinal moderado na tendência de curto prazo.

Veja também
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, revela que fez cirurgia na vagina
+ Vídeos mostram pessoas preparando saladas com Cheetos no TikTok
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Mãe encontra filho de 2 anos morto com bilhete ao lado ao chegar em casa
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago