Brasil

Filho que viralizou ao velar a mãe sozinho morre após incêndio em Goiás

Crédito: Reprodução Facebook

osé Ricardo Fernandes Ribeiro viralizou nas redes (Crédito: Reprodução Facebook)

José Ricardo Fernandes Ribeiro, de 44 anos, ganhou repercussão na web após postar que estava sozinho no velório da mãe, em 2019. No último sábado (11), o homem teve 80% do corpo queimado durante um incêndio na sua casa em Aparecida de Goiânia, em Goiás.

Ricardo chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado de helicóptero ao hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O caso está sendo investigado pela polícia civil, que suspeita de latrocínio, pois o celular, um aparelho de televisão e a carteira de José foram levados.

A vítima foi encontrada no local queimando pelos vizinhos. Existe a possibilidade de latrocínio já que recentemente a vítima recebeu cerca de R$ 30 mil de uma vaquinha virtual por conta de uma doença renal crônica.

Repercussão do velório da mãe

Ricardo viralizou nas redes sociais em 2019 após fazer uma selfie ao lado do corpo da mãe, no último ano, e revelar na legenda da foto que “eu velei e enterrei minha mãe sozinho, eu eu o motorista da funerária”.

+ Briga de vizinhos termina com personal trainer morta a facadas no interior de SP

A publicação causou comoção na web, muitos internautas deixaram mensagens de apoio para José na época.

Veja também

+ Avó de Michelle Bolsonaro morre após 1 mês internada com covid-19

+ Nazistas ou extraterrestres? Usuário do Google Earth vê grande ‘navio de gelo’ na costa da Antártida

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?