Brasil

Filha de Flordelis realizou buscas por matador na internet: ‘Assassino onde achar’

Crédito: Divulgação

RETRATO PADRÃO O pastor Anderson e a mulher, a deputada federal Flordelis: o sorriso traduzia mesmo alegria? (Crédito: Divulgação)


A investigação do caso da morte do pastor Anderson do Carmo aponta que Marzy Teixeira da Silva, filha da deputada federal Flordelis, fez buscas na web para encontrar alguém para matar o padrasto.

A apuração foi além e indicou que a procura foi um pedido da deputada para a filha, a parlamentar considerava a morte do marido uma solução melhor do que o divórcio.

Entre as pesquisas realizadas na web estão “Assassino onde achar”, “Alguém barra pesada”, “Barra pesada online”. Além disso, Marzy procurou por venenos em buscas no Google.

Vale lembrar que Anderson do Carmo chegou a ser internado pelo menos cinco vezes ao apresentar sintomas de envenenamento.

“Veneno para matar pessoa que seja letal e fácil de comprar” e “Cianeto de cobre” foram algumas das pesquisas realizadas pela filha de Flordelis. Ela disse em depoimento que procurou um dos filhos adotivo da deputada, Lucas César dos Santos, para cometer o crime.


+ Atleta de Jiu Jitsu morre aos 30 anos de Covid 15 dias após perder o pai pela doença
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Mulher morre após ingerir bebida alcoólica e comer 2 ovos



As onze pessoas denunciadas pela morte do pastor Anderson do Carmo (Crédito:Reprodução TV Globo)

Assim como Marzy, Lucas também está preso pelo assassinato do pastor. Ele deixou a casa do casal por não ser bem tratado.

O rapaz teria recebido a proposta de R$ 10 mil para executar o pastor. A quantia estaria na mochila de Anderson, o qual costumava carregar ao menos R$ 5 mil em espécie. No entanto, o plano de Flordelis vazou e o marido da deputada ficou sabendo via mensagens de texto, que foram encontradas no Ipad do religioso.

A polícia civil e o Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) prenderam oito pessoas por participação no assassinato do pastor na última segunda-feira (24), morto com mais de 30 tiros. As investigações consideram que a deputada foi quem orquestrou o assassinato.

Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS