Farol ISTOÉ

Fiesp critica ameaça de retaliação da União Europeia

Fiesp critica ameaça de retaliação da União Europeia

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) está preocupada com as conseqüências comerciais do aumento das queimadas na Amazônia e do desleixo do presidente Jair Bolsonaro, que podem afetar seriamente a economia brasileira. O presidente da entidade, Paulo Skaf, divulgou um comunicado em que diz ver com espanto as ameaças de países participantes do tratado comercial União Europeia-Mercosul, anunciado há menos de 60 dias, de recuarem no que foi definido. Para Skaf, “é preocupante que integrantes do tratado recorram a pretextos que não têm qualquer relação com o que foi negociado para fazer política interna e tentar atacar a imagem do Brasil”.

Tópicos

Bolsonaro Skaf