Brasil

FHC defende Aécio: “Jogar filiados às feras sem esperar decisão da Justiça é oportunismo”

Crédito: George Gianni/PSDB

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso saiu em defesa do deputado federal Aécio Neves nesta quinta-feira (10), em uma rede social. Ele se manifestou contra a expulsão do parlamentar do partido antes de uma decisão judicial.

“O PSDB tem um estatuto e uma comissão de ética. Há que respeitá-los. Jogar filiados às feras, principalmente quem dele foi presidente, sem esperar decisão da Justiça, é oportunismo sem grandeza. Não redime erros cometidos nem devolve confiança”, escreveu FHC.

Aécio foi alvo de nove inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF), entre 2016 e 2017, após delações da Odebrecht e da JBS. Ele ainda é réu em um processo. O pedido de expulsão do parlamentar mineiro foi solicitado pelo diretório paulista do PSDB na última quinta-feira (4). A medida, segundo dirigentes do PSDB em São Paulo, é para “estancar a sangria”.

Na terça-feira (9), o governador paulista João Doria afirmou que Aécio deveria sair espontaneamente do partido. No dia seguinte, foi a vez de Bruno Covas, prefeito de São Paulo, pedir a expulsão do deputado. Em resposta, o diretória mineiro do PSDB ameaçou também pedir a expulsão de Covas.