ISTOÉ Gente

Festival de Cannes prepara-se a todo vapor para aniversário de 75 anos

Festival de Cannes prepara-se a todo vapor para aniversário de 75 anos

Júri do festival de Cannes no Hotel Martinez na véspera da abertura

Por Mimosa Spencer e Hanna Rantala

CANNES, França (Reuters) – O Festival de Cinema de Cannes está se preparando para uma edição de 75 anos que terá uma seleção de grandes nomes de Hollywood, novatos badalados e antigos vencedores da Palma de Ouro, em um retorno glamouroso, mesmo sob a sombra do conflito na Ucrânia.


O festival será entre 17 e 28 de maio, voltando ao seu calendário tradicional após dois anos atrapalhado pela pandemia. Foi cancelado em 2020, e ano passado, transferido para julho, quando foi realizado sob rígidos protocolos contra Covid-19.

Este ano, as festas estão de volta, e pesos-pesados de Hollywood incluem “Top Gun Maverick”, de Tom Cruise, levando o astro de volta a Cannes pela primeira vez em três décadas, e a cinebiografia de Baz Luhrmann sobre Elvis Presley, com Austin Butler e Tom Hanks. O ator Forest Whitaker receberá a Palma de Ouro Honorária do festival pelo conjunto da obra.

Também haverá forte presença da Ásia, apesar da ausência da China, com filmes de Park Chan-wook e Hirokazu Kore-eda na disputa, e o ator Lee Jung-jae, de “Round 6”, estreando seu novo filme “Hunt”.

O festival baniu delegações oficiais da Rússia do evento, mas apresentará “Tchaikovski’s Wife”, do diretor russo exilado Kirill Serebrennikov, que tem sido crítico da guerra.

Também será exibido “Mariupolis 2”, do diretor lituano Mantas Kvedaravicius, de 45 anos, que foi morto em Mariupol, cidade ucraniana bombardeada por forças russas, quase um mês atrás, enquanto trabalhava no filme. Sua noiva, Hanna Bilobrova, que terminou o projeto, o apresentará.

(Reportagem de Mimosa Spencer e Hanna Rantala)

tagreuters.com2022binary_LYNXNPEI4F0TS-BASEIMAGE