ISTOÉ Gente

Festa na quarenta pode gerar prejuízo de R$ 3 milhões para Gabriela Pugliesi

Crédito: Reprodução/Instagram

Depois de perder contratos publicitários e seguidores nas redes sociais por ir a uma festa durante quarenta, o prejuízo para Gabriela Pugliesi pode ser milionário e chegar até R$ 3 milhões, de acordo com uma pesquisa.

Pugliesi perdeu mais de oito contratos publicitários, com marcas como HOPE, Baw, LBA, Body For Sure, Desinchá, Evolution Coffee, Rappi, Mais Pura e Liv Up, conforme apuração da revista Quem.

Outras empresas como Kopenhagen, Ambev e Fazenda Futuro, que enxergavam na influenciadora uma parceria para campanhas, agora se manifestaram contrários aos atos de Pugliesi por “escapar” do isolamento.

Festa na quarentena

Tudo isso foi causado por uma festa em que a influencer participou no último sábado (25). Além de não ligar para as recomendações de não se aglomerar, Gabriela publicou a celebração com fotos e vídeos nos stories do seu perfil. Pugliesi até fez um vídeo para se desculpar, mas o estrago já estava feito.

LEIA MAIS


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Além de contratos cancelados, Gabriela Pugliesi perde mais de 100 mil seguidores na rede social

 

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Cientista desvenda mistério do monstro do Lago Ness. Descubra!
+ Modelo e atriz italiana paga promessa e posta foto ‘só de máscara’ após vitória da Lazio
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel