Esportes

Ferrari estreia no mundo da moda com desfile em Maranello

Crédito: Reprodução

Ferrari estreia no mundo da moda com desfile em Maranello (Crédito: Reprodução)


TURIM, 14 JUN (ANSA) – A Ferrari estreou neste domingo (13) no mundo da moda ao apresentar sua primeira coleção de roupas em um desfile em Maranello, na Itália. A coleção foi assinada pelo diretor criativo Rocco Iannone, ex-designer da grife Giorgio Armani, e trouxe modelos tanto masculinos como femininos.

As cores dominantes das peças, como não poderia deixar de ser, são as mais icônicas da marca de carros de alto luxo: vermelho e amarelo. Já os símbolos da Ferrari foram extraídos do arquivo da empresa e de capas de revista dos anos 1940 a 1960.

+ Com dois gols de Cristiano Ronaldo, Portugal vence Hungria na Eurocopa

+ Carro de estreia de Schumacher na Fórmula 1 está à venda por R$ 8,5 milhões

+ GP de Cingapura de F-1 é cancelado pelo 2º ano consecutivo por causa da pandemia

“A Ferrari quer ser a protagonista no apoio da excelência e do melhor da criatividade italiana. O desfile de moda na fábrica, a abertura da loja Ferrari e do restaurante Cavallino em Maranello são sinais de uma Itália forte e otimista, pronta para crescer e renovar-se”, disse o presidente da companhia, John Elkann.

Entre os convidados do “Fashion Show”, estavam os pilotos da escuderia, Charles Leclerc e Carlos Sainz, o diretor esportivo, Mattia Binotto, o presidente da Camera Moda, Carlo Capasa, o empresário Federico Marchetti e o chef Massimo Bottura, que assina o cardápio do novo restaurante da marca.

As peças de vestuário seguem as “características ergonômicas” dos modelos dos carros, com um olhar atento sobre a sustentabilidade. Por exemplo, as jaquetas vermelhas ou amarelas foram criadas inteiramente com plástico reciclado – o que permitirá a reciclagem da própria vestimenta. Já o couro vem de cadeias de suprimentos certificadas contra a crueldade animal.

Apesar do tom esportivo, as roupas não têm nada a ver com as peças criadas para as corridas de Fórmula 1, como bonés e uniformes.

Os modelos serão vendidos pela internet e em lojas exclusivas em Maranello, Roma, Milão, Los Angeles e Miami. Para 2022, está prevista a abertura de uma unidade na China. Já a coleção será renovada anualmente. (ANSA).

Veja também
+ Corpo de jovem desaparecido é encontrado em caçamba de lixo
+ Corpo de Gabby Petito é encontrado, diz site; legista afirma que foi homicídio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Vídeo: família é flagrada colocando cabelo na comida para não pagar a conta
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio