Cultura

Ferrari 250 GTO é reconhecida como obra de arte por tribunal

TURIM, 21 JUN (ANSA) – Um tribunal da cidade de Bolonha, na Itália, estabeleceu nesta sexta-feira (21) que a Ferrari 250 GTO, de 1962, é oficialmente uma obra de arte.   

A Ferrari apresentou uma queixa para proteger o projeto de design do famoso carro de possíveis imitações.   

Segundo a União Industrial de Turim, essa é a primeira vez que um carro é protegido por direitos autorais, tornando-se oficialmente uma verdadeira obra de arte.   

O modelo é um dos mais famosos da Ferrari. O carro conta com uma velocidade máxima de 280 km/h e é própria para duas pessoas.(ANSA)