Esportes

Fernanda Oliveira e Ana Barbachan ganham bronze em ‘mini-Mundial’ da classe 470

Fernanda Oliveira e Ana Barbachan deram mais uma mostra de que são forte candidatas à medalha na vela dos Jogos Olímpicos do Rio. Nesta terça-feira, as brasileiras faturaram o bronze no Campeonato Europeu da classe 470, uma espécie de ‘mini-Mundial’, disputado em Palma de Maiorca, na Espanha.

Com exceção de um barco da Nova Zelândia, todas as duplas que ficaram entre as 10 primeiras colocadas do Campeonato Mundial, em fevereiro, disputaram também o Europeu. Isso só foi possível porque, na vela, as competições nacionais ou continental não são restritas aos competidores locais.

No Europeu, o título ficou com Lara Vadlau/Jolanta Ogar, da Áustria, e a prata com Afrodite Kyranakou/Anneloes Van Veen, da Holanda. Na medal race, Fernanda e Ana defenderam o terceiro lugar contra Annie Haeger/Briana Provancha, dos EUA, que ficaram em quarto. Atuais campeãs mundiais, as francesas Camille Lecointre e Helene Defrance completaram só no nono lugar.

A regularidade de Fernanda e Ana faz crer que elas brigarão por medalhas no Rio-2016. Nesta temporada, elas ganharam o bronze na etapa de Miami (EUA) da Copa do Mundo e a prata no Princesa Sofia, também em Palma de Maiorca, depois de liderar toda a competição. Ainda ganharam o Campeonato Norte-Americano e ficaram em quarto no Mundial. No ano passado, disputaram seis eventos válidos para o ranking mundial e ficaram entre as cinco primeiras de cinco deles.

Na 470 Masculina o Brasil não chegará tão competitivo ao Rio-2016. Henrique Haddad e

Bruno Bethlem ficaram só no 31.º lugar no Europeu, quase o mesmo resultado do Mundial, quando terminaram em 33.º.