Geral

Feirão do Emprego atende 5 mil mulheres em São Bernardo

Crédito: Divulgação

Prefeito Orlando Morando no Feirão do Emprego (Crédito: Divulgação)


O Feirão de Emprego promovido pela Prefeitura de São Bernardo do Campo em homenagem ao Dia Internacional da Mulher proporcionou 5 mil atendimentos nesta terça-feira, 8, junto às tendas montadas no Paço Municipal da cidade no ABC paulista. Com movimentação desde as primeiras horas da manhã, o evento “São Bernardo por elas, pra elas”, foi direcionado exclusivamente ao público feminino e permitiu que centenas delas conseguissem um emprego. Ou seja, mais do que uma homenagem, elas puderam ter boas oportunidades no mercado de trabalho – as atividades ocorreram das 8h às 17h.

Foram disponibilizadas 1.600 vagas entre as 17 empresas que participaram da iniciativa – entre elas, Burger King, SPMar, Hortifruti Natural da Terra, Grupo Bem Barato, Verzani Sandrini, TGA Serviços, Protemp, CIEE e Siscom. Na lista havia vagas de atendente de pedágio; ajudantes de produção e gráfico; analista de departamento pessoal; assistentes comercial, administrativo, de comércio exterior, de compras, de contas, de departamento pessoal, fiscal e pessoal; atendentes de restaurante e de lanchonete; auxiliares de limpeza, contábil, de produção e de vendas.

“É uma ação transversal. A iniciativa se deu por análise objetiva: gerava certo desconforto entregar flores e dizer apenas parabéns às mulheres. Tão importante quanto isso é ter ações e políticas públicas que possam efetivamente mudar a vida delas. Ao mesmo tempo que nos preocupa a quantidade de mulheres desempregadas, nos entusiasma muito a força de vontade de mulheres aqui no evento, algumas delas com filho no colo”, explicou o prefeito Orlando Morando. “São oportunidades que vão de A a Z, desde o ensino fundamental incompleto a nível superior completo. Esse é o segredo para torná-lo democrático.” Morando acrescentou que o “grande presente” vai ocorrer com a entrega do Hospital da Mulher até fim de dezembro deste ano.

Assistente de Recursos Humanos do Bem Barato, Stefany da Costa Souza afirmou que o grupo já atua com ações semelhantes e a equipe da rede estava estruturada para receber os currículos cadastrados para pré-triagem. “Entregamos ficha para saber se as pessoas já trabalharam ou fizeram processo seletivo conosco. Nesta pré-triagem, identificamos a área em que o interessado quer atuar e conduzi-lo no processo. Todas as pessoas que nos trouxeram currículo serão direcionadas para as áreas em que temos oportunidades.” A empresa abriu 200 vagas durante o feirão.

Recepção

Maria Brandão Alencar, de 68 anos, moradora do bairro Assunção, disse que compareceu ao feirão porque necessita de trabalho. “Apesar de eu ter 68 anos, estou precisando de emprego. Gostei do feirão, pois vai dar muitas oportunidades para as mulheres que necessitam tanto de renda.” Moradora do Planalto, Márcia Regina Araújo, de 51 anos, está desempregada desde setembro do ano passado e com dificuldade para pagamento de aluguel da casa. “Já trabalhei como atendente de farmácia e supervisora de mercado. Agora estou fora do mercado. Nada melhor do que ter seu próprio salário para correr atrás das nossas coisas, ter nossa independência. Isso me fez enfrentar a fila de baixo do sol quente de hoje.”
Além das 1.600 vagas disponibilizadas, outros 700 currículos foram entregues na unidade móvel do CTR (Central de Trabalho e Renda) e 80 atendimentos no Sebrae Móvel puderam ser encaminhados.