Tecnologia & Meio ambiente

Fazendeiro canadense conhecido por disputa legal com Monsanto morre aos 89 anos

Fazendeiro canadense conhecido por disputa legal com Monsanto morre aos 89 anos

O agricultor canadense Percy Schmeiser sofria de um caso leve da doença de Parkinson, segundo seu filho - AFP/Arquivos

Percy Schmeiser, um pequeno agricultor canadense que ficou conhecido internacionalmente ao liderar uma batalha judicial contra a gigante agroquímica americana Monsanto, morreu aos 89 anos, informou seu filho nesta quarta-feira (14).

“Papai faleceu ontem. Ele tinha uma forma leve de Parkinson”, disse John Schmeiser à AFP, confirmando as notícias da CBC.

“Percy Schmeiser faleceu ontem aos 89 anos. Contar sua história ao longo dos últimos anos foi um privilégio”, tuitou Daniel Bekerman, produtor do filme “Percy”, que foi inspirado na batalha legal e está atualmente nos cinemas.

A Monsanto acusou Schmeiser em 1998 de plantar em seus campos sementes de canola geneticamente modificadas de propriedade da empresa, que ele não teria pago para usar.

Schmeiser negou ter usado as sementes e disse que elas podem ter sido levadas pelo vento até suas terras ou caído do caminhão de algum fazendeiro que passava por lá.

O caso chegou até a Suprema Corte do Canadá, que decidiu contra Schmeiser em 2004.

Veja também

+ Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Telefone de jornalista argentino roubado ao vivo em Buenos Aires

+ Márcia Bonde divulga vídeo e deixa fãs sem fôlego

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar