Geral

Favorito para ocupar vaga no Tribunal de Contas do RJ, deputado já foi denunciado nas “rachadinhas”

Favorito para ocupar vaga no Tribunal de Contas do RJ, deputado já foi denunciado nas “rachadinhas”

O deputado estadual Márcio Pacheco (PSC-RJ) foi denunciado nas "rachadinhas" - Divulgação/Alerj


O deputado estadual Márcio Pacheco (PSC-RJ), líder do governo Cláudio Castro na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio) e primeiro parlamentar da Casa a ser denunciado pelo Ministério Público do Rio no caso das “rachadinhas”, é favorito para ocupar a próxima vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro.

Segundo apurou o UOL, a escolha de Pacheco é dada como certa. “É um acordo político antigo e que foi feito no início do mandato”, afirmou um deles.

Pacheco foi denunciado por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa em junho de 2020, mas, quase um ano depois, o desembargador Rogério de Oliveira Souza, relator do caso no Órgão Especial, do Tribunal de Justiça do Rio, não apresentou seu voto para o colegiado para saber se aceita ou não a denúncia.

Ainda de acordo com as investigações do MP-RJ, o deputado desviou, por meio de “rachadinha”, mais de 1 milhão de reais entre 2016 e 2019. Dos sete conselheiros do TCE, três são indicados pelo governador e quatro pela Assembleia Legislativa. Essa vaga da qual Pacheco é favorito virá de uma votação da Alerj.

Veja também
+Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, revela que fez cirurgia na vagina
+ Vídeos mostram pessoas preparando saladas com Cheetos no TikTok
+ Mulher e filho de Schumacher falam sobre saúde do ex-piloto
+ Carvão “gourmet” que não suja as mãos vira meme nas rede sociais; ouça
+ Mãe encontra filho de 2 anos morto com bilhete ao lado ao chegar em casa
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago