Mundo

Familiares dizem que governo argentino mente sobre o submarino desaparecido

Familiares dizem que governo argentino mente sobre o submarino desaparecido

O submarino ARA San Juan atracado em Buenos Aires em 2014 - ARGENTINE NAVY/AFP


O submarino argentino ARA San Juan está próximo de completar um ano desaparecido. As famílias dos tripulantes afirmam que o governo está dificultando a investigação judicial do caso e acusam o governo argentino de mentir sobre as causas do sumiço. As informações são da Deutsche Welle.

“Estão mentindo para nós. Há um Estado totalmente ausente”, disse Claudio Rodríguez, irmão do maquinista do submarino, à agência de notícias DPA. O pai de outro tripulante diz que a Marinha se contradiz e que mentiu nos primeiros dias de investigação.

Marta Yañez diz que o processo corre em segredo de Justiça para não ser usado de forma política. O submarino ARA San Juan desapareceu em 15 de novembro de 2017, no Atlântico Sul,com 44 tripulantes a bordo. O último contato feito foi quando a embarcação navegava na região de Chubut.


Saiba mais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua