O Dia

Família entrega jovem que tentou matar mototaxista com golpes de machadinha

Wallace dos Santos Lima Gabi deu vários golpes contra a cabeça de Marcos Roberto Nevesda Silva

Rio – A família de Wallace dos Santos Lima Gabi, de 21 anos, entregou o jovem à 48ª DP (Seropédica) ao descobrir que ele estava sendo procurado por dar golpes de machadinha contra a cabeça do mototaxista Marcos Roberto Neves da Silva. O crime aconteceu por volta das 17h desta quarta-feira, no bairro Boa Esperança, no município da Baixada Fluminense.
De acordo com a Polícia Civil, agentes da 48ª estavam à procura de Wallace, que é morador do bairro, quando familiares apareceram com ele na distrital. Ele foi preso em flagrante e vai responder pelo crime de tentativa de homicídio. Ainda não há informações sobre as motivações do crime.
O mototaxista foi socorrido no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes (Saracuruna). Apesar da gravidade das lesões, ele não corre risco de morte.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Veja também

+ Após foto “com volume” ser derrubada no Instagram, Zé Neto republica imagem usando bermuda

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Morre mãe de Toni Garrido: “Descanse, minha rainha Tereza”

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea