ISTOÉ Gente

Família de Gugu Liberato monta acervo no mês em que ele completaria 61 anos

Crédito: Reprodução/Twitter

Depois de tantas polêmicas envolvendo o nome de Gugu Liberato, o apresentador, que faleceu em novembro do ano passado após sofrer um acidente doméstico em sua casa, em Orlando, na Flórida, irá ganhar uma homenagem em comemoração aos 61 anos que, se estivesse vivo, completaria na próxima sexta-feira (10).

Segundo a assessoria de imprensa do comunicador, a família de Gugu está preparando um acervo com itens que marcaram a sua carreira ao longo de tantos anos na televisão.

“Na próxima sexta-feira, dia 10, Gugu Liberato completaria 61 anos. Em homenagem anunciamos o projeto ‘MEMÓRIA GUGU LIBERATO’ que está organizando o acervo que reúne as peças que contam 40 anos de sua história. Esta foi uma preocupação de seus filhos e familiares, que decidiram olhar de forma profissional todos os elementos que marcaram a sua carreira. Para os objetos não ficarem apenas em caixas ou trancados em armários, foi feita uma parceria com a Vida em Ordem, uma empresa especialista em organizar acervos, bibliotecas, arquivos pessoais e profissionais, entre os muitos trabalhos realizados atuou no acervo do Comandante Rolim”, informa o comunicado.

Ainda de acordo com assessoria do apresentador, o acervo contará com figurinos dele, produtos licenciados, fotos pessoais, bilhetes que recebeu de outros famosos, também os quadros que ele pintou em vida, entre outros objetos pessoais usados por ele ao longo da vida.

“Figurinos dos programas e projetos especiais, discos, produtos licenciados, fotos pessoais e profissionais e os quadros feitos com rolhas criados pelo apresentador, tudo será catalogado, registrado, tratado como preciosidade. Cartões recebidos de amigos como Silvio Santos, fotos do dia que recebeu Julio Iglesias em sua casa… uma infinidade de memorias como uma coleção de discos, livros, cds e dvds autografados, os prêmios recebidos ao longo da carreira, os discos de ouro, 11 estatuetas do Troféu Imprensa, Troféu Internet e até o Grande Prêmio da TV Mundial, conferido pela NTV japonesa aos programas Corrida Maluca e Passa ou Repassa.”

O objetivo do acervo é expor gratuitamente para o público e para estudantes de Jornalismo Casper Libero, onde Gugu se formou. “Todo este acervo tem como objetivo, num futuro do próximo, criar uma mostra e oferecer gratuitamente para faculdades de jornalismo, inclusive a Casper Libero, onde ele se formou. Esse material ilustrará em detalhes a trajetória profissional de quem escreveu um capítulo importante da tv. Lembrando que a famosa guerra de audiência, o habito de fazer um programa olhando em tempo real o minuto a minuto do Ibope, foram estratégias criadas por Gugu e, posteriormente adotadas por outras emissoras”, disse a assessoria de Liberato.