Brasil

“Falta empenho de Bolsonaro no combate à corrupção”, diz Sergio Moro

Crédito: AFP

O ex-ministro Sergio Moro disse em entrevista ao Fantástico da TV Globo na noite deste domingo (24) que a “agenda anticorrupção não teve um impulso por parte do presidente da República (Jair Bolsonaro) para que fosse implementado”.

“Há uma falta de empenho do presidente no combate à corrupção”, disse Moro. O ex- ministro deu como exemplo a transferência do Coaf do Ministério da Justiça e a derrota do projeto anticrime no Congresso que não tiveram reação do presidente Jair Bolsonaro.

Moro ainda disse que o governo tentou se  aproveitar da sua imagem de combate à corrupção, mas que não saiu antes porque  tinha esperança de que a sua agenda contra corrupção e o crime organizado fosse implementada. Para o ex-ministro, a gota d’água foi a tentativa de interferência na Polícia Federal.

Moro ainda disse que se sentiu desconfortável durante a reunião do dia 22 de abril e pela forma como o governo vem lidando com a pandemia do novo coronavírus. O ex-ministro ainda negou suas intenções de se candidatar em 2022.

 

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ Fotos íntimas de apresentadora italiana são vazadas em aplicativos de mensagens no Brasil
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Após se aposentar da Globo, Sérgio Chapelin aparece com novo visual; veja
+ Nick Cordero morre aos 41 anos, vítima de complicações da Covid-19
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior