Mundo

Facebook impõe limites a sites de notícias falsos criados por grupos políticos

Facebook impõe limites a sites de notícias falsos criados por grupos políticos

Os grupos políticos que criam sites desenhados para parecerem com os dos meios de comunicação não receberão mais no Facebook o mesmo tratamento dispensado aos veículos independentes - GETTY IMAGES/AFP/Arquivos

Os grupos políticos que criam sites desenhados para parecerem com os dos meios de comunicação não receberão mais no Facebook o mesmo tratamento dispensado aos veículos independentes, anunciou a rede social nesta terça-feira.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Segundo o Facebook, o aumento do número de sites políticos disfarçados de veículos de comunicação provocou uma mudança na política. A partir de agora, os mesmos não serão incluídos no feed de notícias da rede social.

Esses sites partidários poderão permanecer na plataforma, mas “estarão sujeitos ao mesmo padrão das entidades políticas no Facebook”, informou a gigante da Califórnia.

Investigadores identificaram mais de 1,2 mil sites partidários desenhados para se parecerem com sites de notícias locais, mas com mais de 90% do seu conteúdo gerado por algoritmos que usam conjuntos de dados públicos ou reutilizam histórias de fontes externas. Esses portais não terão mais acesso a mensagens de notícias nos serviços do Facebook WhatsApp e Messenger.

“Reconhecemos que há um número crescente de publicações de notícias ligadas a diferentes tipos de entidades políticas e outras organizações que podem influenciar nas políticas públicas e eleições”, assinalou o Facebook em seu blog.

“Enquanto nos preparamos para as eleições de novembro, estamos absolutamente dedicados a garantir que estamos protegendo a integridade da votação”, assinalou o vice-presidente de Integridade do Facebook, Guy Rosen, em conferência telefônica com jornalistas.

Veja também

+ Após foto “com volume” ser derrubada no Instagram, Zé Neto republica imagem usando bermuda

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Morre mãe de Toni Garrido: “Descanse, minha rainha Tereza”

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea