Esportes

Fábio Santos quer sequência positiva para Atlético-MG chegar ao G6 do Brasileirão

O lateral-esquerdo Fábio Santos espera que o Atlético Mineiro inicie uma sequência de triunfos para alcançar o G6 do Campeonato Brasileiro, a começar pelo Vitória, neste domingo, às 19 horas, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 25.ª rodada. A intenção, segundo o jogador, é conquistar uma vaga na Copa Libertadores de 2018.

“A gente ganhou uma posição nessa rodada (empate com o Avaí, em Florianópolis), só que aumentou o número de pontos para o G6. O empate fora de casa se torna bom desde que você vença dentro de casa, onde temos perdido pontos importantes. Temos que fazer a lição de casa, somar duas, três vitórias. Aí sim, você vai enxergar uma melhora na tabela. Tenho certeza que o que precisamos é de duas ou três vitórias para entrar de vez na briga pelo G6”, projetou o atleta.

Ao entrar em campo para enfrentar o time rubro-negro baiano neste fim de semana, Fábio Santos completará o jogo de número 50 na temporada com a camisa atleticana. O lateral-esquerdo diz que não tem em mente quebrar o recorde de partidas na carreira, mas está entusiasmado para atuar ajudar o Atlético Mineiro a atingir os objetivos neste ano.

“Quero jogar todos os jogos. Ainda mais agora, no final do ano, que tem uma semana de descanso e está dando para jogar e recuperar bem. Tomara que não aconteça nenhum imprevisto e eu possa fazer todos os jogos para alcançar o maior número de jogos da minha carreira em um único ano”, destacou Fábio Santos.

O elenco atleticano treinou nesta quarta-feira na Cidade do Galo, em Vespasiano, região metropolitana de Belo Horizonte. O técnico Rogério Micale poupou da atividade o lateral-direito Marcos Rocha, que sente dores e é dúvida para a próxima partida da equipe. O volante Elias, suspenso, é desfalque certo. Yago treinou em seu lugar e deverá ocupar a vaga.

O Atlético Mineiro somou até aqui 31 pontos no Brasileirão e está na 10.ª posição na tabela de classificação, a seis pontos do rival Cruzeiro, último time do G6 e que hoje teria garantida a vaga na próxima edição da Libertadores pelo torneio nacional.