ISTOÉ Gente

Fábio Jr. ganha processo após ser vítima de propaganda enganosa sobre disfunção erétil

Crédito: Reprodução/Instagram

Fábio Jr. foi indenizado e receberá cerca de R$ 100 mil do laboratório Gileade e da empresa de comércio Onlinemax, após ser vítima de uma propaganda mentirosa sobre disfunção erétil.

Em agosto de 2017, o artista descobriu que as empresas estavam usando seu nome para vender o medicamento “Testomaster”, contra a impotência sexual. O anúncio dizia que Fábio Jr. havia usado o medicamento para se curar do problema e ainda colocava uma dele com suas filhas.

Segundo informações do colunista Rogério Gentile, do UOL, o cantor diz no processo que sempre foi conhecido por ser um homem viril, galanteador e símbolo sexual de uma geração.

No processo, Fábio afirmou não querer sua imagem ligada a um produto que nunca usou e que sequer tem registro na Anvisa.

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

Veja também
+ Sabrina Sato mostra corpo musculoso em clique na floresta
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago