Esportes

Fábio Carille rebate Mateus Vital após polêmica: ‘Que bom que está chateado’

O técnico Fábio Carille não se mostrou sensibilizado com a polêmica envolvendo o meia Mateus Vital e, após a vitória sobre o Vasco, neste domingo, na Arena Corinthians, em São Paulo, respondeu ao jogador que disse estar chateado com o desentendimento surgido entre ele e o treinador.

A polêmica entre Carille e Vital começou após a derrota para o Independiente del Valle, em São Paulo, na primeira partida da semifinal da Copa Sul-Americana. Na ocasião, o técnico disse que o time tinha muitos “meninos” em campo e um time “mais cascudo” poderia ter evitado o resultado negativo. Vital respondeu e disse que o time não havia sofrido a pressão do jogo.

“Conversei com ele e com o Gabriel quando tirei eles do time. Que bom que ele ficou chateado. Porque quem sai e fica bem não tem o perfil de campeão. Vimos jogadores buscando o espaço. O Gustavo era titular, saiu, voltou e está buscando a titularidade. Eles (jogadores) me respeitando e eu respeitando eles, está tudo bem”, disparou o treinador.

Após as declarações, Mateus Vital não foi aproveitado na vitória contra o Bahia e no segundo jogo contra o Independiente del Valle, no Equador. Contra o Vasco entrou no segundo tempo na vaga do equatoriano Sornoza. E, na entrevista coletiva após a vitória sobre o time carioca, culpou a imprensa pelo desentendimento entre ele o treinador.

“Em um elenco como o Corinthians não tem titular absoluto. Nosso elenco é recheado de jogadores qualificados. Quem o Carille colocar em campo estará respondendo à altura. Fiquei chateado quando um colega de vocês da imprensa havia me dito que o Carille disse que eu e o Pedrinho sentimos a pressão. Quando cheguei em casa vi que não tinha sido nada disso. Acho que foi maldosa a pergunta dele. Não saí da equipe por causa disso. Até porque não falei nada demais. Ele (Carille) não falou de jogadores, mas dos jovens, que o time precisava ser mais experiente. E realmente ele tinha razão”, ponderou Vital.

“Nunca teve nada. Vocês polemizaram um pouquinho. Tentaram jogar alguma coisa aqui e não pegou. Não teria porque a gente conversar sobre isso”, completou o meia.

Vital negou ainda que foi sacado do time por Fabio Carille sem um aviso do treinador. “Ele conversou comigo antes do jogo contra o Bahia. Eu e o Gabriel. Disse que a gente não jogaria. Deu a satisfação como ele sempre faz, com todos os jogadores”, finalizou.

RALF – Autor do gol da vitória sobre o Vasco, o volante Ralf lamentou a eliminação do Corinthians na Copa Sul-Americana, mas destacou que, a partir de agora, o time terá apenas uma competição para se concentrar e dedicar. “Fico feliz pelo gol, pelo empenho da equipe. Agora só estamos na disputa do Campeonato Brasileiro. Por isso, precisamos ter foco total”, disse o jogador, que marcou o seu primeiro gol na temporada e brincou sobre a pouca quantidade de gols que faz pelo time.

“É pouco, né? Mesmo atuando como volante, me cobro bastante para fazer mais gols”, completou. Ralf marcou 10 gols com a camisa do clube e, 425 jogos até aqui.

Para o goleiro Cássio, que fez importantes defesas no final da partida, a vitória sobre o Vasco foi “no estilo Corinthians”, com muita garra, nos momentos em que a equipe não conseguiu desenvolver seu melhor potencial técnico e tático. “Foi um jogo muito difícil e precisávamos dessa vitória. Foi no estilo Corinthians! Lutamos e conseguimos fazer o gol. Saímos com a vitória em uma partida que era importante”.