Ediçao Da Semana

Nº 2743 - 19/08/22 Leia mais

Quando se trata de sua vida amorosa, estabelecer limites é importante para mostrar que você se valoriza o suficiente para ser respeitada e apreciada. No entanto, existe uma linha tênue entre limites saudáveis e expectativas irreais — e confundi-los pode arruinar um relacionamento.

+ Ansiedade no relacionamento: conheça os sinais e saiba como evitar

+ Mito ou verdade: casais jovens se divorciam mais?

Ao tentar viver sob um padrão irreal, sua saúde mental — assim como a de seu(ua) parceiro(a) — pode ser abalada. “Você tem que lembrar que ele(a) também é um indivíduo com pontos fortes e fracos”, ressalta a psicóloga Chloe Carmichael à “Women’s Health”, de onde são as informações. 

Nesse sentido, se seu(ua) parceiro(a) não está atendendo às suas expectativas, “isso não significa que ele(a) é falho(a) ou que o relacionamento não pode ter sucesso”, acrescenta a terapeuta familiar e coach de relacionamentos Shawntres Parks.

Abaixo, confira  algumas das expectativas irreais mais comuns nos relacionamentos românticos, bem como maneiras de superá-las. 

1 — Ele(a) deve estar sempre lindo(a)

Claro, todo mundo quer ter aquela sensação de “borboletas no estômago” ao ver seu amor. No entanto, ele(a) pode não ser tão sensual depois de um longo dia no escritório, logo após um treino ou ao acordar. 

Por isso, Shawtres incentiva a atentar-se ao que mais lhe atrai em sua pessoa amada — especialmente coisas além do físico. É sua educação, confiança, senso de humor? Depois de pensar cuidadosamente sobre o que você realmente valoriza em alguém, você verá que a atração física é apenas uma pequena peça de um quebra-cabeça muito grande.

2 — Uma quantidade específica de sexo é esperada

“A expectativa em si não é um problema; é quando você e seu(ua) parceiro(a) não estão na mesma página sobre isso que as coisas ficam um pouco confusas”, diz Chloe. “Se você presumir que terá sexo três vezes por semana, não importa o que aconteça, e ele(a) está mais na linha de uma vez por semana ou, no outro extremo, cinco vezes por semana, um ou ambos provavelmente ficará desapontado.”

“Não presuma que uma mudança de frequência (especialmente uma diminuição) significa que algo está errado”, diz Shawntres. Existem inúmeros fatores que influenciam o desejo sexual e o sexo, muitos dos quais podem não ter nada a ver com você ou com o relacionamento.

Converse com seu(ua) parceiro(a), de maneira aberta e sem confrontos, e seja clara sobre o que você gostaria de buscar daqui para frente. Trata-se de uma discussão, não uma demanda.

3 — Ele(a) sempre deve planejar suas noites juntos(as)

Nos estágios iniciais de uma relação romântica, é divertido se sentir cortejada. Uma vez que você faz a transição para um relacionamento de longo prazo, entretanto, não é justo sempre deixar que a outra pessoa sempre planeje as atividades do casal.

Ter angústias sobre tempo juntos(as) geralmente significa que você não está vendo o nível de romance que deseja em um relacionamento em geral. “Se você quer que seu(ua) parceiro(a) esteja investido(a) em romance, o que você está fazendo para modelar isso?” questiona Shawntres.

Nesse sentido, o tempo de qualidade não precisa necessariamente ser construído em torno de um jantar em um restaurante chique: há muitas maneiras de reviver sua conexão.

4 — Ele(a) deve pagar por tudo

É importante que você reconheça que uma norma e uma expectativa não são a mesma coisa. Se você acha que, tradicionalmente falando, um homem deve pagar a conta de cada encontro, férias e despesas inesperadas, talvez você deva reconsiderar por que você acredita nisso e o que você está realmente procurando.

Está tudo bem se você procura um(a) parceiro(a) extremamente bem-sucedido(a) financeiramente. Mas esperar que ele(a) use o cartão de crédito para tudo pode fazer com que ele(a) se sinta subestimado, além de significar que talvez você precise ser mais flexível em outras áreas. Por exemplo, você não pode esperar que ele(a) tenha fundos ilimitados e tempo disponível ilimitado para passar com você.

5 — Todo o tempo livre deve ser passado com você

Não há nada de errado em buscar algum tempo de qualidade com sua pessoa amada, mas quando a expectativa imediata é que ela esteja com você 24 horas por dia, 7 dias por semana, você está preparando seu relacionamento para o fracasso.

Isso significa, ainda, que você terá menos tempo para construir sua própria vida e manter-se conectada a todas as coisas que te agradam.

“Os relacionamentos tendem a prosperar quando ambas as pessoas mantêm um nível de independência dentro de suas próprias vidas individuais”, diz Chloe. “Isso cria uma distância saudável que gera desejo de proximidade.”

Dessa forma, tente desenvolver um novo passatempo que seja exclusivamente seu. Se você sentir falta de seu(ua) parceiro(a), mergulhe em sua nova atividade como uma distração divertida. Quando ele(a) estiver fazendo suas próprias coisas, percorra seus contatos e encontre alguns velhos amigos para se reconectar. As chances são de que algumas noites separadas lhes darão uma ótima perspectiva e vocês poderão voltar a passar tempo juntos.

6 — Ele(a) deve se desculpar primeiro

“É muito irracional esperar que uma pessoa sempre peça desculpas, independentemente da natureza do conflito”, diz Shawntres. Pode ser fácil esperar que seu(ua) parceiro(a) sempre acalme as coisas, mas isso é injusto para ambas as partes.

Por mais difícil que seja, você precisa estar disposta a ser a primeira a se apresentar depois de uma briga. Você não precisa, necessariamente, assumir a culpa por tudo, mas apenas tomar a iniciativa beneficiará seu relacionamento a longo prazo.

7 — Ele(a) não pode ter amigas

O ciúme é uma parte natural de qualquer relacionamento, romântico ou não. É fácil se preocupar com a infidelidade, mas isso não é desculpa para tentar ditar com quem seu(ua) parceiro(a) pode passar o tempo.

Assim, Shawntres recomenda que você “crie inclusão nessas relações”. “Talvez comece a se tornar amiga dos amigos de seu(ua) parceiro(a), para aumentar essa sensação de segurança.” Ao passar um tempo com alguns deles, você poderá fazer novos amigos e sentir-se mais confiante.

8 — Seus problemas devem ser mais importantes

Se você está constantemente colocando seus próprios problemas à frente dos de sua pessoa amada, então essa não é uma parceria igualitária. 

Por isso, mantenha as linhas de comunicação bem abertas. Você pode se surpreender com o que seu(ua) parceiro(a) valoriza. Conversem sobre cada problema à medida que eles surgirem e mostre que você quer a opinião dele(a) antes de tomar decisões que afetem vocês dois.

9 — As tarefas de casa são responsabilidade de uma única pessoa

Se vocês moram juntos(as) ou passam muito tempo fazendo festas do pijama, é importante que vocês respeitem seu espaço compartilhado. Esperar que a outra pessoa sempre faça as tarefas domésticas pode fazer com ela se sinta subestimada.

“Pesquisas mostram que relacionamentos e casamentos florescem quando há uma divisão de trabalho mais equilibrada [em torno das tarefas domésticas]”, diz Chloe. “Então, tente criar um sistema em que nenhum de vocês sinta que tem que fazer tudo.”

+ Realizar tarefas domésticas em conjunto pode melhorar a vida a dois, segundo estudo

10 — Ele(a) sempre deve estar do seu lado

“Existe uma diferença entre esperar que seu(ua) parceiro(a) te proteja e esperar que ele sempre fique do seu lado”, ressalta Chloe. Duas pessoas nunca concordarão em tudo, e se sua expectativa é que seu(ua) parceiro(a) nunca tenha críticas, é provável que você fique decepcionada.

Para superar essa expectativa, pergunte-se: ele(a) sabe a melhor maneira de estar lá para você? Você prefere que ele(a) apenas deixe você desabafar ou você realmente quer um feedback honesto?

Informe-o(a) disso antes que você esteja com raiva ou frustrada, para que ele(a) se sinta preparado(a) para responder de uma maneira que seja útil. Então, Chloe recomenda reformular sua expectativa para algo como: “Espero que minha pessoa amada fique do meu lado, mas também espero que ela se sinta segura para me informar se houver algo que não consigo ver no meu ponto cego”.

11 — Você espera que ele(a) ‘leia sua mente’

É ótimo se sentir em sintonia com seu(ua) parceiro(a) e ser capaz de antecipar as necessidades e desejos um do outro. No entanto, esperar alguma “leitura da mente” fará com que você se decepcione.

Você definitivamente terá momentos ao longo de seu relacionamento em que apenas saberá o que seu(ua) parceiro(a) está pensando e vice-versa, mas não tenha isso como base. Não há nada de errado em falar sobre um problema ou dizer explicitamente a alguém o que você quer ou precisa. A verdadeira magia vem quando ambos(as) dedicam um tempo para se comunicar.

12 — Ele(a) deve suprir cada vazio em sua vida

Há muitos papéis que você pode assumir em um relacionamento romântico — de confidente a terapeuta e parceira sexual. E pode ser um desafio fazer malabarismos com todos eles de uma vez. Quando você espera que seu(ua) parceiro(a) não apenas seja capaz de desempenhar cada papel perfeitamente, mas também saiba exatamente quando e como fazê-lo, é provável que haja alguns erros.

“Olhe para seu(ua) parceiro como um complemento para o que já é uma vida próspera”, recomenda Shawntres. Se você não considerar sua vida “próspera”, certifique-se de dedicar tempo e esforço para chegar lá, separada de sua pessoa amada.