Esportes

Exército indiano publica fotos de ‘pegadas’ do Yeti

Fotos de “pegadas” do Yeti publicadas pelo exército indiano provocaram nesta terça-feira risadas e ceticismo nas redes sociais.

“Pela primeira vez, uma expedição de alta montanha localizou as misteriosas pegadas da mítica besta ‘Yeti'”, tuitaram, aparentemente da forma mais séria do mundo, as forças armadas do gigante do sul da Ásia, publicando três fotos de pegadas na neve.

“O esquivo Homem das Neves só havia sido visto antes no parque nacional de Makalu-Barun”, afirma o tuíte indiano, em referência às famosas pegadas encontradas pelo explorador britânico Eric Shipton em 1951 em uma geleira do Everest.

Segundo antigas lendas nepalesas e tibetanas, o “Yeti” – o abominável homem das neves – é uma criatura simiesca, gigante e feroz à espreita nos declives do Himalaia.

Sua existência nunca foi provada cientificamente. Segundo pesquisadores, se trataria de um urso pardo do Himalaia.


+ Rapper implanta diamante de R$ 128 milhões no rosto
+ PR: Jovem desaparecida é encontrada morta; namorado confessa crime
+ Galo bota ovos e surpreende moradores de Santa Catarina

Em todo caso, o tuíte do exército indiano não convenceu os céticos.

Muitos nas redes sociais pediram ao exército que seja “responsável e prudente”, e lembraram que a existência do “Yeti” nunca foi demonstrada.

“Seriamente decepcionado de ver o exército propagar este tipo de mitos como se fossem verdadeiros. Esperava mais de vocês”, comentou um usuário do Twitter.

“Parabéns, estamos orgulhosos de vocês. Saúde à expedição do exército indiano de alta montanha”, escreveu Tarun Vijay, responsável do Bharatiya Janata Party (BJP, Partido do povo indiano) no poder.

– Traje de gorila –

v

Segundo o exército, as pegadas medem 81 por 38 centímetros e foram descobertas por uma equipe de militares em 9 de abril perto do campo base de Makalu, uma zona isolada na fronteira entre o Nepal e a China.

Um responsável militar disse à AFP que a foto foi difundida para “excitar um pouco o mundo científico”.

“Compartilharemos o que temos com os especialistas para analisar. Contataremos a equipe com o telefone por satélite à noite para dar mais detalhes sobre isto. A ideia é descobrir mais sobre isto, buscar uma resposta”, afirmou à AFP o responsável, que não quis revelar sua identidade.

Lendas similares à do “Yeti” existem na Sibéria e em outras partes do centro e leste da Ásia. Na América do Norte é conhecido como “Pé grande” (Bigfoot).

As evidências científicas encontradas até agora indicam que as pegadas seriam de ursos pré-históricos e uma suposta evidência física resultou ser um traje de gorila feito de borracha.

“Esta é provavelmente a pegada de um urso pardo”, indicou à AFP Sathyakumar Sambandam, professor do Instituto de Vida Selvagem da Índia.

“As pegadas aumentaram devido ao forte sol e ao vento nas alturas e a sobreposição das patas traseiras e dianteiras dá a impressão de uma só pegada gigante”, acrescentou.

ja/tw/je/hg/agr/lch/mar/db

Veja também

+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Cientistas desvendam mistério das crateras gigantes da Sibéria
+ Sexo: saiba qual é a melhor posição de acordo com o seu signo
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Jogadora de Call of Duty de 19 anos, é assassinada a facadas em São Paulo
+ Em entrevista Andressa Urach relembra episódio em que praticou zoofilia
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Cataratas do Niágara congelam e as imagens são incríveis
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Editora estreia com o romance La Cucina, uma aventura gastronômia e erótica