Geral

Exército estabelece normas para colecionadores de armas, tiro desportivo e caça


Portaria do Comando do Exército, publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira, 9, estabelece normas para atividades de colecionadores de armas, tiro desportivo e caça.

A portaria esclarece, por exemplo, ser vedada qualquer prática com armamento objeto de coleção, exceto para realização de testes para reparo ou manutenção. Reparos ou restaurações no armamento de coleção deverão ser feitos por armeiros credenciados pela Polícia Federal ou pessoas registradas no Comando do Exército.

Sobre o tiro desportivo, a Portaria esclarece que o atirador desportivo é a pessoa registrada no Comando do Exército, que pratica habitualmente o tiro como esporte. É considerada a prática habitual a participação do atirador em, no mínimo, oito atividades de treinamento ou de competição em entidade de tiro, em eventos distintos, dentro de um período de doze meses. Essa habitualidade deve ser comprovada.

Saiba mais
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Qual é a melhor versão do Jeep Compass 2022?
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio

Tópicos

armas exercito normas