Geral

Exército afirma que distribuiu quase 3 milhões de cápsulas de cloroquina

Exército afirma que distribuiu quase 3 milhões de cápsulas de cloroquina

Embalagem com cloroquina


O Exército Brasileiro afirmou em documento enviado à CPI da Covid, que, entre 2020 e 2021, produziu e distribuiu 2.931.820 comprimidos de cloroquina 150 mg, medicamento sem eficácia contra a Covid-19, para estados e hospitais militares. As informações são do R7.

O documento foi assinado pelo general Francisco Humberto Montenegro Júnior, chefe de gabinete do Comandante do Exército Brasileiro. O ofício foi enviado ao senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI, em repostas ao requerimento em que o senador questionou a origem dos pedidos de produção do remédio.

A comissão do Ministério da Saúde, responsável por assessorar a pasta no processo de incorporação e exclusão de medicamentos no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde), voltou atrás na indicação do uso da cloroquina, da hidroxicloroquina e da azitromicina no tratamento de pacientes hospitalizados com Covid-19.


Saiba mais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua