Colocar um DIU (dispositivo intrauterino) pode ser um grande passo para o bem-estar e a vida sexual de muitas mulheres. Mas também existem fatores amedrontadores, como o risco de expulsão do dispositivo. Se você tem ou está pensando em adotá-lo como seu método contraceptivo, pode ter se questionado, ainda, se é possível fazer exercícios físicos usando DIU.

+ DIU: ginecologista esclarece as principais dúvidas e auxilia a identificar a melhor opção desse método contraceptivo

+ DIU: remoção do dispositivo intrauterino pode ser menos dolorosa do que sua colocação

Se você é adepta aos exercícios físicos intensos, repletos de pulos e agachamentos, esse pode ser um ponto de preocupação. É possível que tanta movimentação possa fazer com que o DIU seja expelido, cause cólicas ou pior: perfure o útero? Com informações da “POPSUGAR”, saiba o que dizem especialistas.

Posso fazer exercícios físicos usando DIU?

exercícios físicos usando diu
Pexels

De acordo com a ginecologista e obstetra Laura Pineiro, é perfeitamente seguro praticar exercícios físicos quando se tem um DIU. “Uma vez que está lá [na cavidade intrauterina], não é muito provável que vá se mover e ir para outro lugar”, assegura a especialista. 

Quando se trata de perfuração do útero, é preciso considerar que esse é, de fato, um fator de risco para usuárias de DIU. No entanto, não existem registros que relacionem a perfuração à prática de exercícios físicos, por mais intensos que sejam. 

Além disso, essa ocorrência é rara: um estudo publicado pela “The Lancet” mostrou que apenas 0,6% das usuárias de DIU sofreram com a perfuração em até cinco anos após a colocação do dispositivo. Os sintomas de perfuração incluem dores pélvicas intensas após a inserção, dores e sangramento intenso após a inserção e mudanças no fluxo menstrual.

Exercícios físicos também não são um fator de risco para a expulsão do DIU pelo organismo. O evento ocorre, segundo o Colégio Americano de Ginecologistas e Obstetras (ACOG), em 10% das pessoas, e os sintomas incluem dor e cólicas severas e sangramento e/ou corrimento anormais. 

Laura pontua que o único ponto de atenção ao se exercitar usando DIU deve ser caso você esteja experimentando efeitos colaterais normais, como cólicas, menstruação e sangramentos de escape. Isso porque eles podem se tornar ainda mais intensos e desconfortáveis se você estiver se mexendo muito.

Quando exercitar-se após a inserção do DIU

Após a colocação do DIU, Laura relata ser melhor esperar entre 24 e 48 horas até retomar as atividades mais pesadas do cotidiano, dando tempo ao seu corpo para se ajustar e se livrar de possíveis cólicas e mal-estar. No entanto, é ideal que você siga as recomendações de seu ginecologista em termos de cuidados.