Mundo

Ex-presidente da Bolívia Evo Morales testa positivo para Covid-19

Ex-presidente da Bolívia Evo Morales testa positivo para Covid-19

O ex-presidente boliviano Evo Morales rodeado por apoiadores na cidade de Orinoca, em 10 de novembro de 2020 - AFP

O ex-presidente boliviano Evo Morales testou positivo para a Covid-19, confirmou o senador do Movimento Rumo ao Socialismo (MAS) e líder influente dos cocaleiros, Leonardo Loza, nesta quarta-feira (13).

Uma primeira versão da notícia foi transmitida pela Rádio Kawsachun Coca (RKC), da região de Chapare (centro), reduto eleitoral de Morales. O relatório menciona que “foi detectada covid-19” no ex-presidente (2006-2019), apesar de na terça-feira o próprio Morales negar ter contraído a doença.

Loza também negou na véspera que o ex-chefe de estado tivesse covid-19, quando a notícia começou a se espalhar, mas o legislador e poderoso líder dos cocaleiros confirmou nesta quarta-feira a versão da emissora RKC, após ouvir uma relatório médico sobre a situação de Morales.

“Até que houvesse um diagnóstico médico, não podíamos confirmar. Assim que os resultados foram positivos, divulgamos a informação (em RKC) ao público”, disse Loza, citada pelo jornal El Deber de Santa Cruz.

O senador do MAS, partido liderado por Morales, sublinhou que “enquanto não se confirma com critérios profissionais que alguém deu positivo para covid-19, não se pode avançar e foi o que aconteceu com o irmão Evo Morales”.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

O ex-presidente, ativo no Twitter, disse no dia anterior: “Agradeço aos jornalistas responsáveis e à mídia séria que ligou preocupada com meu estado de saúde.”

Nesta quarta-feira, o ex-presidente não mencionou sua saúde na rede social, mas deu seu parecer sobre a compra pela Bolívia de cinco milhões de vacinas do laboratório britânico AstraZeneca e da Universidade de Oxford.

Desde a época em que era presidente, Morales sempre foi evasivo e cauteloso ao falar sobre suas possíveis doenças.

O jornal El Deber também noticiou em seu site que o ex-presidente estava recebendo atendimento médico em Cochabamba e que tinha até médicos cubanos.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel