Mundo

Ex-prefeito de Lima é preso por pagamentos da Odebrecht e OAS

Ex-prefeito de Lima é preso por pagamentos da Odebrecht e OAS

(Arquivo) O ex-prefeito de Lima Luis Castañeda - AFP

Uma juíza peruana enviou nesta sexta-feira para a prisão preventiva o ex-prefeito de Lima Luis Castañeda, acusado de ter recebido contribuições ilegais de campanha das construtoras brasileiras OAS e Odebrecht.

+ Mourão, sobre ser vice de Bolsonaro em 2022: ‘Estou trabalhando para isso’

“Declara-se fundamentado o pedido de prisão preventiva para o acusado Oscar Luis Castañeda Lossio, que deverá ser por 24 meses”, disse a juíza María Álvarez após uma audiência de mais de duas horas.

Este é o segundo ex-prefeito de Lima com prisão preventiva decretada por conta desse escândalo de corrupção envolvendo as construtoras brasileiras.

A Procuradoria havia pedido 36 anos de prisão para Castañeda, de 74 anos, que foi por duas vezes prefeito de Lima (2003-2010 e 2014-2018) e duas vezes candidato à presidência do Peru (2000 e 2011).

Embora a juíza tenha reduzido o prazo, ela descartou deixá-lo em prisão domiciliar, como a defesa havia pedido, alegando supostos problemas de saúde.

Castañeda é acusado de ter recebido ilegalmente 480 mil dólares da OAS para sua campanha à prefeitura em 2014 e outros 150.000 dólares da Odebrecht.

Veja também

+ RJ: tráfico promete caçar quem gravou equipe do Bravo da Rocinha: ‘Vai morrer’

+ Hubble mostra nova imagem de Júpiter e sua lua Europa

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea