Esportes

Ex-parceiro de André Sá, Leander Paes diz que se aposentará ao fim de 2020

Um dos tenistas mais experientes do circuito, o indiano Leander Paes anunciou nesta quarta-feira que vai abandonar as quadras ao fim da próxima temporada. O atleta de 46 anos, que chegou a ser parceiro de André Sá nas duplas, conquistou 18 títulos de Grand Slam nas chaves de duplas masculinas e duplas mistas.

“Quero anunciar que 2020 será minha temporada de despedida como jogador profissional”, disse Paes, que projetou uma ano de menos competições em seu calendário. “Vou jogar alguns poucos torneios, viajando com o meu time e celebrando com todos os meus amigos e fãs pelo mundo.”

Nascido em Calcutá, Paes iniciou sua carreira profissional em 1991 e foi contemporâneo dos brasileiros Gustavo Kuerten e Fernando Meligeni no circuito. Meligeni, por sinal, foi sua vítima na disputa da medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Atlanta-1996. Foi uma das poucas conquistas do indiano jogando em simples.

Paes se especializou como duplista no circuito. Foram 54 títulos conquistados, jogando com mais de 100 parceiros diferentes ao longo de sua vitoriosa carreira. Um deles foi André Sá, com quem jogou de forma breve entre o fim de 2016 e o início de 2017.

Paes alcançou o auge de sua carreira em 1999, quando se tornou número 1 do mundo. Entre 1997 e 2011, ele obteve 26 títulos. Neste período, seu parceiro de maior sucesso foi o compatriota Mahesh Bhupathi, com quem faturou três troféus de Grand Slam. Ele também foi bem-sucedido na Copa Davis, na qual faturou 43 vitórias em 56 partidas, com o melhor aproveitamento da história na tradicional competição entre países.

Veja também

+ Jacquin ensina a preparar menu para o Dia dos Namorados
+ Morre Erivan de Lima, lenda nacional do mountain bike brasileiro
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança