Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

Uma ex-namorada do vereador Jairo Souza Santos Júnior, o Doutor Jairinho (Solidariedade), contou que se sentiu ameaçada, após a mãe dela receber uma ligação do parlamentar na sexta-feira (19). As informações são do jornal Extra.

De acordo com o depoimento da mulher ao delegado Henrique Damasceno, titular da 16ª DP (Barra), ela e o parlamentar não tinham mais contato há cerca de oito anos, quando terminaram o relacionamento.

Ainda conforme a mulher, o relacionamento dela com Jairinho foi marcado por atos de violência. A ex-namorada também acusou o vereador de agredir a filha dela, na época com 4 anos.

As declarações dadas na última terça-feira (23) fazem parte da investigação do caso do menino Henry Borel Medeiros, de 4 anos, encontrado morto no dia 8 de março. A mulher, que teve a identidade preservada, explicou que não denunciou as agressões recorrentes no passado por ter medo de retaliações.