Brasil

Ex-mulher diz que Bolsonaro nunca a ameaçou

Crédito: Reprodução/Facebook

Em vídeo publicado nas redes sociais, a ex-mulher do candidato à Presidência pelo PSL, Jair BolsonaroAna Cristina Valle disse que nunca foi ameaçada de morte por ele. “Nunca. Pai do meu filho, meu ex-marido, ele é muito querido por mim e por todos. Ele não tem essa índole para poder fazer tal coisa. Bom pai, bom ex-marido. Foi um bom marido também”, declara Ana Cristina no vídeo.

Segundo um telegrama reservado arquivado pelo Itamaraty, ao qual o jornal “Folha de S. Paulo” teve acesso, a ameaça de morte ocorreu durante um processo judicial que travavam pela guarda do filho do casal, em 2011.

Atualmente Ana Cristina, ex-servidora da Câmara Municipal de Resende (RJ), usa o sobrenome “Bolsonaro” e é candidata a deputada federal pelo Podemos. Ela disse apoiar a candidatura do ex-marido ao Planalto.

Segundo o documento, Ana Cristina afirmou ao Itamaraty que sofreu ameaça de morte por ele, o que a faz deixar o Brasil e ir morar na Noruega.  ​“A senhora Ana Cristina Siqueira Valle disse ter deixado o Brasil há dois anos [em 2009] ‘por ter sido ameaçada de morte’ pelo pai do menor [Bolsonaro]. Aduziu ela que tal acusação poderia motivar pedido de asilo político neste país [Noruega]”, diz o telegrama obtido pela “Folha de S. Paulo”.

Confira o vídeo de Ana Cristina: