Notícia

Ex-ministras francesas publicam manifesto contra assédio sexual na política

Dezessete ex-ministras francesas de direita e esquerda, entre elas a atual diretora gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, publicaram neste domingo um manifesto contra o assédio sexual na política.

“Acabou a impunidade. Denunciaremos sistematicamente todos os comentários sexistas, os gestos fora de lugar, os comportamentos inapropriados”, afirma o manifesto publicado no “Le Journal de Dimanche”.

“Estimulamos todas as vítimas de assédio sexual a denunciar os atos à justiça”, completa o texto.

Oito mulheres acusaram este mês de assédio e agressão sexual o deputado ecologista Denis Baupin, que se viu obrigado a renunciar ao cargo de vice-presidente da Câmara dos Deputados, apesar de negar as denúncias.

O escândalo ajudou a quebrar o silêncio sobre comportamentos machistas, inclusive criminosos, de políticos franceses.

Entre as signatárias estão ex-ministras de governos de centro-direita, como Lagarde, a atual presidente da região Ile-de-france (que inclui Paris) Valérie Pécresse, Roselyne Bachelot, Nathalie Kosciusko-Morizet e Corinne Lepage; ou de esquerda, como Cécile Duflot, Dominique Voynet, Elisabeth Guigou, Aurélie Filippetti e Fleur Pellerin.

DS/fp

Veja também

+ Cantora MC Venenosa morre aos 32 anos e família pede ajuda para realizar velório
+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Idoso morre após dormir ao volante e capotar veículo em Douradoquara; neto ficou ferido
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel