Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

Na última segunda-feira (27) ocorreu a audiência preliminar de julgamento contra Jason Alexander, ex-marido de Britney Spears. Ele foi preso após tentar invadir o casamento da cantora com Sam Asghari, que aconteceu no dia 9 de junho.

Segundo o TMZ, um segurança de Britney, Richard Eubler – que foi demitido logo após o incidente -, testemunhou na audiência e falou que Alexander, quando entrou na propriedade, foi direto ao quarto da cantora e tentou abrir a porta do quarto em que ela se arrumava, mas estava trancada.

“Eu estava na escada, e foi aí que ele recuou e começou a tirar a mão do bolso direito”, disse Eubler.

Sem saber o que Alexander tinha na mão, Eubler se lembrou de pegar sua arma que ele carregava e então entrou em uma sala de jogos e fechou a porta atrás dele, trancando os dois no local. “Ele estava apenas gritando por Britney: ‘F***-se. Vou voltar para dentro do jeito que vim.’”, lembrou.

Os dois lutaram dentro da sala de jogos, de acordo com o depoimento, levando Alexander a supostamente dar uma cotovelada e depois socar Eubler enquanto tentava voltar para dentro da parte principal da casa.

Além disso, Eubler disse que Jason teria sido visto nos arredores da propriedade várias vezes antes do casamento.

Alexander se declarou inocente das acusações contra ele, incluindo perseguição criminal, além de vandalismo e agressão. Outra testemunha, um detetive do xerife do condado de Ventura, também testemunhou que Britney disse ao seu agente, Cade Hudson, que o ex-marido era “assustador”.