Brasil

Ex-governador do DF José Roberto Arruda é preso pela PF

O ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda (PR) chegou por volta das 9h desta terça-feira, 23, em uma viatura, à sede da Superintendência da Polícia Federal em Brasília. Arruda foi preso na Operação Panatenaico, que investiga organização criminosa que fraudou e desviou recursos das obras de reforma do Estádio Nacional Mané Garrincha para Copa do Mundo de Futebol de 2014.

O ex-vice-governador do Distrito Federal Tadeu Filippelli (PMDB), que também é assessor especial do presidente Michel Temer, e o ex-governador Agnelo Queiroz (PT) também são alvo de mandados de prisão temporária na operação.

Os três políticos e outros agentes públicos e privados são suspeitos de fraudes de quase R$ 1 bilhão na reforma do Mané Garrincha – inicialmente orçada em cerca de R$ 600 milhões e que, ao final, custou R$ 1,575 bilhão.