Ex-goleiro de Grêmio e Flamengo, Emerson Ferretti foi eleito presidente do Bahia, neste sábado, em eleição realizada na Arena Fonte Nova. Bicampeão da Copa do Nordeste pelo clube nos tempos de jogador, o mandatário estará à frente da agremiação de 2024 a 2026.

Emerson Ferretti substitui Guilherme Bellintani, que esteve como presidente nos últimos seis anos. O ex-goleiro recebeu 1089 votos, superando Marcelo Sant’Ana, que ficou com 774. Os demais candidatos foram: Marcus Verhine (673), Leonardo Martinez (485) e Jailson Baraúna (158).

“A gente precisa de união, acreditar no nosso clube e trabalhar. O fato de ser presidente me dá a possibilidade de conduzir um trabalho em um momento que ninguém aqui está acostumado. Quero abrir as portas para os demais candidatos. Cada um de vocês tem muito a colaborar com o Bahia. Vamos estar sempre dispostos a ouvir”, afirmou o novo presidente.

Ferretti terá a missão de supervisionar o acordo com o Grupo City, que adquiriu 90% das ações da Sociedade Anônima de Futebol (SAF). O presidente ainda tem como meta aumentar as receitas do clube e fortalecer os esportes olímpicos.

O ex-goleiro tem 52 anos e começou nas categorias de base do Grêmio, onde foi bicampeão gaúcho (1990 e 1993) e campeão da Copa do Brasil (1994). Saiu do clube gaúcho para defender o Flamengo. No time carioca, conquistou o título estadual de 1996. Rodou ainda por América-RJ, América-RN, Ituano, Bragantino e Juventude. Fez parte do elenco campeão da Copa do Brasil de 1999.

No Bahia, foram 167 jogos e três títulos. Foi bicampeão da Copa do Nordeste (2001 e 2002) e campeão baiano (2001). Defendeu ainda o arquirrival Vitória, por quem levantou o título estadual de 2007.

Assine nossa newsletter:

Inscreva-se nas nossas newsletters e receba as principais notícias do dia em seu e-mail

Emerson Ferretti é também o primeiro presidente de clube assumidamente gay, o que representa um marco de inclusão e representatividade para a comunidade LGBTQIA+ no futebol.

O novo presidente aguarda a definição do Brasileirão para saber em qual situação assumirá o clube. O time baiano é o 17º colocado, com 41 pontos, e tenta deixar a zona de rebaixamento em duelo com o América-MG, neste domingo, às 18h30, na Arena Independência, em Belo Horizonte.


Siga a IstoÉ no Google News e receba alertas sobre as principais notícias