ISTOÉ Gente

Ex de MC Frank diz que foi agredida: ‘Tentei medida protetiva três vezes’

Crédito: Reprodução/Instagram

Karine Elethério, ex-mulher de MC Frank, revelou que foi vítima de agressão do cantor e acionou a polícia na última sexta-feira. Ela conversou sobre o caso com a colunista Fábia Oliveira.

Separada do MC desde dezembro de 2020, após 13 anos de relacionamento, Karine contou que o fim do relacionamento aconteceu durante uma agressão física: “Ele é extremamente psicopata ciumento. Tenho três Maria da Penha contra ele. Pedi medida protetiva contra ele três vezes e não consegui.”

A estudante afirmou que, da última vez que foi agredida, ela foi buscar os dois filhos na casa do funkeiro que teria pedido para ver as crianças pois decidiu se internar para poder tratar seu problema com as drogas:

“O Frank tem os problemas dele com a cocaína. Eu deixei ele pegar as crianças por três dias, porque ele disse que iria se internar pra fazer um tratamento contra as drogas e queria ficar um pouco com as crianças”, contou.

“Quando ele me ligou dizendo pra buscar as crianças, me disse que tinha algumas coisas pra resolver. Eu pedi pra ele descer com as crianças, porque eu disse que não iria entrar no condomínio dele e aí ele desceu sozinho. Abriu a porta do meu carro, me jogou pro branco do carona. Ele estava armado, uma arma ilegal, e eu pulei do banco do carona pra fora do carro. Ele veio me puxando pelo cabelo, me arrastou pelo asfalto diversas vezes e me jogou dentro do carro novamente.”


+ Atleta de Jiu Jitsu morre aos 30 anos de Covid 15 dias após perder o pai pela doença
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Mulher morre após ingerir bebida alcoólica e comer 2 ovos



Ela continuou: “Ele me deu socos. Eu tô muito machucada, não consigo nem levantar da cama. Tô com a boca toda estourada, ele me deu diversas cotoveladas. Tudo isso pra tentar me colocar dentro do carro pra dar uma volta”. Karina ainda diz ter ficado com medo de ser levada para outro lugar pelo MC. “Fiquei com mais medo de ele me levar pra outro lugar, porque ele estava muito alterado. Estava muito drogado, cheirou muita cocaína. Estava completamente desfigurado.”

A estudante afirmou que o motivo da agressividade o funkeiro se dá por ele não querer aceitar a separação: “Diversas vezes falei pra ele que não tinha volta e que, inclusive, eu já tenho uma pessoa. Esse é o problema dele. Ele não aceita a separação e não aceita que eu tenha outra pessoa”. Frank chegou a ser detido em flagrante pela polícia do 18º Batalhão de Polícia de Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio.

Ele foi preso dentro de casa, após ter agredido Karine, e levado para 32ª DP, na Taquara, onde permaneceu detido.

Veja também

+ Tenha também a Istoé no Google Notícias
+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS