POLÍTICA

Ex-congressista americano é condenado à prisão por abuso sexual


O ex-presidente da Câmara de Representantes do Congresso americano Dennis Hastert foi condenado a 15 meses de prisão por pagar a uma vítima para que não denunciasse o abuso sofrido quando criança – anunciou a imprensa americana nesta quarta-feira.

Como parte da sentença, que também inclui dois anos de liberdade condicional, o juiz distrital Thomas Durkin de Chicago também recomendou que Hastert participe de um programa de tratamento para criminosos sexuais.

Promotores federais disseram que Hastert pagou a um homem um total de US$ 1,7 milhão – pouco menos da metade do montante acordado – entre 2010 e 2014 em parcelas periódicas, até que o governo começou a investigá-lo.

oh/jm/ja/mr/tt


Saiba mais
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua

Tópicos

EUA politica tribunal