Esportes

Ex-Botafogo e Internacional, atacante Caio é convocado para seleção dos Emirados Árabes Unidos

Com grandes atuações no país, atacante está na lista do treinador Jorge Luís Pinto

Ex-Botafogo e Internacional, atacante Caio é convocado para seleção dos Emirados Árabes Unidos

Depois de seis anos jogando nos Emirados Árabes, chegou a vez de mais um brasileiro vestir a camisa de uma seleção estrangeira. O atacante Caio Canedo, ex-Botafogo, Internacional e Vitória, foi convocado para a fazer parte da seleção dos Emirados Árabes Unidos e vai estreitar ainda mais os laços com o país.

A partir do dia 22 deste mês, ele se junta ao elenco. Em agosto, terá a segunda etapa dessa preparação em algum país do continente europeu, seguindo todos os protocolos de saúde, entre os dias 1 e 23 de agosto. Em setembro, a seleção dos Emirados Árabes Unidos enfrenta as seleções da Jordânia e do Tajiquistão nos dias 4 e 8.

O processo de naturalização de Caio para virar cidadão emiradense foi realizado em janeiro deste ano. Com a idolatria no país, as seguidas boas atuações com as camisas de Al Wasl e Al Ain, a convocação se tornou realidade logo na primeira lista do comandante colombiano Jorge Luis Pinto.

– Não tenho palavras pra demonstrar minha felicidade. Me sinto em casa aqui e é uma honra enorme ter sido convocado. Desde 2014, venho trabalhando muito forte e a convocação é um sinal de que estou no caminho certo. Esse é só o início de um sonho. Vamos lutar para disputar a Copa do Mundo de 2022. Pretendo retribuir toda essa recepção e carinho com gols e boas atuações. – disse Caio.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

Caio tem 29 anos e surgiu no Volta Redonda, em 2009. Logo foi para o Botafogo, onde se destacou em 2010 e 2011, sob o comando de Joel Santana. O atacante passou pelo Figueirense e foi comprado pelo Internacional em 2013. Ele também teve uma rápida passagem pelo Vitória.

Em 2014, Caio foi cedido por empréstimo ao Al Wasl, se destacou no mundo árabe e foi comprado em definitivo no ano seguinte. Com a camisa do time, anotou 106 gols em 181 partidas. Permaneceu no clube até agosto de 2019, quando foi contratado por R$23 milhões pelo Al Ain, vice-campeão do Mundial de Clubes de 2018 e um dos principais times do país.

Na atual temporada, cancelada por conta da pandemia do coronavírus, o jogador já tinha feito 13 gols e 2 assistências em 24 jogos e vinha fazendo uma boa primeira temporada. O Al Ain ocupava a 2ª colocação na Liga dos Emirados Árabes e brigava pelo título. Na Copa dos Presidentes, a equipe iria enfrentar o Al Dhafra na final.

Agora, com a camisa da seleção dos Emirados Árabes, Caio vai ter a chance de mostrar seu futebol nos dois amistosos antes do retorno dos jogos das eliminatórias da Ásia para a Copa do Mundo de 2022. A seleção ocupa a quarta posição do Grupo G, com seis pontos após quatro jogos.

Veja também

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Enio Mainardi, publicitário e pai de Diogo Mainardi, morre de covid-19

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?