ISTOÉ Gente

Ex-BBB Talita conta que entrou em depressão e ficou internada após reality

Crédito: Reprodução/Instagram

Aos 22 anos, Talita Araújo participava do Big Brother Brasil 15. Ela, que era comissária de bordo, aproveitou muito da casa: brigou, namorou, e foi eliminada sem levar o prêmio, o que na época não foi um problema para ela. Mas a vida começou a decair quando ela saiu da casa “mais vigiada” do país.

Rihanna aparece de lingerie transparente para promover nova coleção de sua marca

Rafa Vitti faz pegadinha com Tatá Werneck enquanto ela dorme

Um dos pontos altos de Talita no reality foi a briga com Marco.

A comissária vinha de Goiânia e amava o trabalho, se inscreveu no BBB para ganhar dinheiro e se tornar piloto, mas nunca achou que seria selecionada, até receber a notícia. Talita virou notícia e começou a ser atacada quando fez sexo sem preservativo dentro da casa. Ela entrou no confessionário e pediu uma pílula do dia seguinte.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

“Puta, vagabunda, que queria dar o golpe da barriga’. Eram críticas difíceis de escutar. Será que ninguém parou para pensar que o Rafael estava comigo fazendo sexo sem camisinha?”, disse em entrevista ao UOL. Apesar do namoro com o ex-brother ter durado fora do BBB, ela sentiu que foi vítima do machismo e das ofensas, que não pararam.

Com toda essa repercussão, Talita foi demitida da companhia aérea famosa na qual trabalhava. “Quando me informaram que não existia mais a possibilidade de voar pela empresa, uma parte de mim morreu. Fiquei de luto. Eu era tão feliz e gostava tanto! Foi injusto, porque eu não estava representando a empresa no ‘BBB'”, contou.

“Entrei em crise existencial, e a grande pergunta que ecoava na minha cabeça era: ‘Quem sou eu?. Eu sou quem eu penso que sou ou eu sou quem as pessoas acham que eu sou?’. Eu não tinha resposta. Entrei em depressão profunda e desisti da minha vida. Tentei me matar diversas vezes”, confessou. Isso fez com que ela ficasse internada em um hospital psiquiátrico e começasse a fazer terapia.

Ela acredita que a emissora devesse oferecer tratamento psicológico para os ex-brothers e sisters. “Durante o programa existe o suporte psicológico, mas deveria ser algo fornecido pela Globo [após o confinamento]. Se eu tivesse tido uma ajuda, talvez eu não tivesse tido tantos problemas. Poderia ter acontecido o pior. Uma tragédia”, completou.

Hoje, Talita vive em Dublin, estuda inglês e trabalha como garçonete em um bar. “Cada dia me apaixono mais pela cidade e não me vejo indo embora tão cedo. Gosto de trabalhar, de ter meus amigos. Eu vivo minha vida com uma leveza que há muito tempo não sentia.”

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Cientista desvenda mistério do monstro do Lago Ness. Descubra!
+ Modelo e atriz italiana paga promessa e posta foto ‘só de máscara’ após vitória da Lazio
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

BBB depressão Talita